Quando A Grande Família é boa e o quanto falta para ser ótima

A Grande Família virou uma série mais ou menos desde o ano passado. Não, isso não tem a ver com a saída da Marilda.

Digamos que a produção esteve imperdível até o momento em que a Copa do Mundo entrou no ar. Depois os episódios, tirando um ou outro, foram dispensáveis. Estão se repetindo demais!

Isso não aconteceu semana passada quando receberam Luciano Huck que fez o Lata Velha com o Agostinho.

Luciano interpretando ele mesmo mandou muito bem e passou verdade. Agostinho abilolado com o carro detonado e aquele lance do chocolate em promoção garantiram excelentes risadas!

E Nenê oferecendo aquela porcaria ao Luciano?

O final foi previsível, com a família ganhando mais achocolatados, mas nem por isso foi menos divertido!

E é desse jeitinho, sem tirar nem por, que A Grande Família é boa: quando foge das situações batidas.

Veja só: li que um dos próximos episódios tem Abigail querendo tirar Nenê da presidência da associação de bairro.

Meu ânimo em assistir? Zero!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*