Record e Rede TV: vergonha da televisão brasileira

Record e Rede TV são duas emissoras que caminham juntas. Em dado período, as duas apostaram em qualidade para alavancar a programação.

Nos últimos tempos, no entanto, desgraça e baixaria são os artifícios para tentar salvar a audiência em queda livre.

Tendo perdido o Pânico, seu único programa de destaque, a Rede TV tentou a sorte com o Saturday Night Live. Fracassado, o programa foi limado da grade.

Reviraram o baú e ressurgiram com o João Kléber. Tem Tesde de Fidelidade duas vezes na semana e, em breve, mais uma atração diária. Os números já respondem positivamente.

Do outro lado, a Record. Neste caso, os números ajudam a exemplificar.

Na última quinta feira o canal dedicou o dia ao julgamento de Mizael Bispo. Do inicio da manhã ao final do dia.

O resultado foi dentro do esperado: Fala Brasil fez sete pontos, Balanço Geral oito, Programa da Tarde nove e Cidade Alerta 11.

Em dias normais, quando você viu o Programa da Tarde com audiência tão expressiva, capaz de ultrapassar a Globo?

Pois bem, na sexta, sem julgamento, a audiência foi a seguinte: Fala Brasil seis, Balanço Geral seis, Programa da Tarde cinco e Cidade Alerta sete.

O PdT perdeu metade do que conquistou no dia anterior.

Falando em metade, semana passada o Programa do Gugu registrou míseros cinco pontos. Ontem, festa na Barra Funda, explorando o anão do Balanço Geral, foi a 12, mais que o dobro.

Joguei uma questão no Twitter e ela repercutiu bastante:

Será que eu vou estar vivo pra ver, algum dia, a Record dando audiência sem estar explorando a desgraça alheia? Duvido…

Completei:

Não sou contra a Record ou qualquer outra emissora dando audiência, passando a Globo. Mas é lamentável concluir que é sempre por baixaria.

A conclusão, é óbvia: só quando apelam conseguem resultados expressivos.

Deve ser triste ter um canal de televisão e só gerar notícia a partir de suas limitações.

A Globo, no Brasil, não tem concorrentes. Por mais que esteja em baixa, leva um sustinho aqui, outro acolá. Nenhuma outra emissora do país tem cacife de brigar no mesmo nível.

Curioso observar que, no quesito ambição, tanto a Rede TV quando a Record, apesar dos pesares, se acham  última bolacha do pacote.

Uma, a “rede de TV que mais cresce no Brasil”, enquanto a outra, está “a caminho da liderança”.

Sabe o que eu acho? Andaram lendo aquele livro O Segredo e acreditam, e muito, no inacreditável. A força do pensamento positivo. Vai que cola?

Só lamento.



25 comentários em “Record e Rede TV: vergonha da televisão brasileira”

  1. Das 3 até 6 gugu não falou nada de anão, e deu por volta de 11 nesse horário encostando no futebol. E não vi desgraça e nem tragédia na vida do anão, ele é bem resolvido e feliz…não sou a favor da record e concordo que ela explora a desgraça alheia mesmo, porém não acho legal quando eu leio algo que não condiz muito com a realidade. O texto acabou parecendo forçado pra afirmar que a record erra, erra e erra.

  2. Eu não assití, mas pelo que li sobre ontem não vi nenhuma tragédia.. Aliás como a vida dele poderia chamar tanto a atenção do público?
    Bem ou mal ainda não vi a Record se vangloriando sobre ontem e sobre o dia do julgamento.. Veremos os próximos capítulos.

  3. olha eu não lembro a ultima vez que assisti a Reclone, assisto até mais a irmã feia dela a Reclone news, pq tenho nojo dessa emissora que um dia eu tinha orgulho em assistir o tudo é possível com Eliana, o Aprendiz com Roberto Justus e as suas premiadas séries e filmes, e uma revista eletrônica simpática e que dava orgulho de assistir que era o Tudo a ver, agora ela e a Rede tv! dão nojo

  4. Record com Gugu há várias semanas, sem nenhum caso de exploração, quais foram as médias???
    6/5 somente! Como a coisa ficou alarmante após 09 meses de surra pela Loira do SBT, correram atrás de algo que mexe com o emocional, exploraram e deu o que sempre dá por lá.
    Se não é exploração, porque hoje o Geraldo ficou o programa todo com a reprise ???
    Porque a Misael TV não teve os mesmos índices do dia anterior sem o caso ???

    Rede TV! outra vergonha, o tal "Teste de Fidelidade" está parecendo os filmes da Emmanuelle da BAND.

    Mas isso mostra a qualidade do povo brasileiro, olhem os políticos eleitos, são bons ? Programas de TV que nada acrescentam a cultura e melhoria da sociedade, tem altos índices de audiência, quando coisas instrutivas e culturais se vêm no traço. Isso é a qualidade do povo brasileiro, apenas isso.

  5. Prof. Bruno Matos

    O Gugu neste domingo me lembrou uma edição do Faustão de 1996, quando este estava começando a ser ameaçado austeramente pelo Domingo Lega.

    Naquele famigerado programa de 1996, Faustão botou no ar uma versão anã do Latino, o Latininho, bem como uma sessão exuberante Sushi Erótico em pleno horário das seis da tarde.

    Ou seja: brasileiro gosta de ver anão e de erotismo na televisão.

  6. Mas se lhe parece exagero, o que posso fazer? Há quem considere esse proprio texto do Endrigo como exagero, ha quem o ache sensato. Eu achei exagerado, mas nao é que me fará ficar com raiva de nada. Amigo multiplicidade de opinioes sem se deixar levar pela emoção. Abraços.

  7. No meio dia, quem perdeu audiência foi o “Balanço Geral”, que só ganhou nos décimos. Enquanto esteve no ar, a atração de Geraldo marcou 6.2 (6) contra 5.9 (6) do SBT.
    Sem a exploração do Anão, perdeu mais da metade do ibope! 😉
    Record, na exploração vai!
    Mas tem R$ e recursos para não viver disso…mas…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *