Record é trash pelo conjunto… do entulho!

Sei que ainda estou em meu período sabático mas não dá pra ficar queito. Realmente não dá.

Ontem liguei a TV para assistir Irene Ravache no Domingão do Faustão e estranhei a audiência da Record: Gugu registrava mais de 18 pontos, estava na liderança.

Pensei comigo: quem morreu dessa vez?

Fui espiar e não era um caso de morte, apenas mais uma pessoa sendo explorada.

Hoje o canal aparece comemorando seu grande feito.

E sabe o que fica claro? Não era pra ajudar.

Quando você contribui com uma instituição de caridade você sai dizendo “olha, eu faço isso e faço aquilo”? Quem doa com o coração fica em silêncio.

E o que se vê, na verdade, é a comprovação de que não foi um erro Gugu trocar o SBT pela Record, afinal ele está em uma casa que combina com ele. E resta alguma credibilidade ao apresentador? Não, assim como a Record, que perde a sua dia após dia – a foto comprova quem é Gugu Liberato, Hebe deve se arrepender amargamente desse dia.

Tanto que o famoso “conjunto da obra” ganha um derivado a partir de agora. Por isso, gostaria de parabenizar a emissora pelo conjunto do entulho.

Esse adjetivo se junta a “TV de primeira com carne de terceira” e “Urubus de primeira”, que já utilizei tempos atrás.

Aliás, pra você internauta, qual deles descreve melhor a TV Record?

O que combina mais com a Record?


Urubus de Primeira
TV de primeira com carne de terceira
Trash pelo conjunto do entulho
Não concordo com nada disso



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *