Record, a volta do Cidade Alerta e… olha minha cara de surpresa!

A Record é um achado.

Esses tempos atrás estavam soltando fogos porque se aproximaram da Globo.

Seria motivo realmente de uma tremenda festança caso isso não tivesse acontecido porque a audiência da Globo anda em queda na média geral, não? Pois é.

Tirando o Fala Brasil e uma coisinha ali outra acolá, dificilmente a Record ultrapassa o canal dos Marinho.

E aí eis que apareceu o senador… lembra da história de a Record ter síndrome de Lady Kate? Tem a “gana” mais falta o “gramur”.

Há tempos estão ensaiando a volta do Cidade Alerta e parece que a coisa agora vai, ainda mais com a confirmação da saída de Datena da Band.

Ou seja, um retrocesso.

Anos atrás colocaram um ponto final no policiaresco porque iriam investir em qualidade.

Até tentaram mas basta perguntar pra qualquer pessoa sobre o jornalismo do canal e vão responder que frequentemente exploram a desgraça dos outros por audiência.

Só que agora não vão mais mascarar, né?

A volta do Cidade Alerta é aquela velha história do já que não tem tu, vai tu mesmo.

Ou SEJE, a TV de primeira novamente oferecendo carne de segunda.



3 comentários em “Record, a volta do Cidade Alerta e… olha minha cara de surpresa!”

  1. Se a meta da Record ainda é alcançar a Globo, a contratação de Datena e a reedição do Cidade Alerta é uma bola fora. Agora se a meta é se manter como vice, a emissora contratou o melhor âncora de jornais policialescos.

  2. Pra quem dispensou ele e o Raul Gil pq um nao tinha um jornalismo de qualidade e o outro era um programa brega, estão muito bem na foto… conversando com Raul Gil, contratando Datena… Falta colocar o Sérgio Malandro e o João Kleber no lugar do Tom Cavalcanti! ahh e deixarem o Alexandre Avancini, o Lauro César Muniz e o Marcílio Moraes irem embora…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *