Rede TV leva duro e merecido golpe e perde o Pânico. Falência em 5,4,3…

16 de fevereiro de 2012 0 Por Endrigo Annyston

Já ouviram falar que quem procura acha?

Desde que entrou em cena a Rede TV tem tratado com desrespeito seus profissionais e os que já vinham sofrendo nas mãos da Manchete.

Lembram daquele bapho enquanto Adriane Galisteu comandava o SuperPop com ex-Manchetes fazendo um movimento ao vivo para todo o Brasil?

E assim seguiu a história dessa emissora. Meses atrás Rita Lisauskas, apresentadora do Rede TV News, foi demitida após criticar a emissora publicamente pelos atrasos.

A questão é: a Rede TV sobrevive já há algum tempo de um único programa, o Pânico na TV.

E com a mesma falta de inteligência que lidam com os outros funcionários, também irritaram seus principais contratados – e por aqui cabe dizer que não acho o Pânico um bom programa, no entanto, sempre foi a galinha dos ovos da emissora.

As últimas renovações, acredito eu, ocorreram porque o Pânico imaginava que não teriam a mesma liberdade em outro lugar.

Só que a situação chegou num ponto onde desde meados de 2011 a equipe do “humorístico” reclama dos atrasos.

O resultado? Flavio Ricco acaba de anunciar que o Pânico agora é da Band. Ou seja, capaz que o retorno anunciado para depois do carnaval já aconteça na casa nova.

O que isso significa? O Pânico gera muitos anúncios e, se a situação já está crítica, a tendência é piorar.

Incompetência define e, sei lá, sem seu principal produto, a Rede TV vai aguentar mais quanto tempo no ar?

Detalhe: com a nova aquisição da Band, SBT que se cuide!