Reprises: Ocorrem em excesso, mas tem público

Volta e meia criticamos as reprises. A última cara feia aconteceu com a escolha de Chocolate com Pimenta para o Vale a Pena Ver de Novo.

Terceira vez em dez anos, é muito? Ora, quantas vezes o SBT já exibiu Maria do Bairro? E o Chaves então?

E não é incrível que todas as produções citadas são audiência?

Há um tempo atrás, em um Parlatório, questionei se os internautas do Cena Aberta preferiam novelas inéditas ou reprises. O resultado foi impressionante.

Os que preferem um produto novo não somaram 50% dos votos!

43,75% gostam de uma novidade, enquanto 20,83% são chegados numa reprise. Para 35,42% tanto faz.

Somando os indiferentes e quem realmente prefere um “vale a pena ver de novo”, somamos mais de 55%, é muita coisa.

Ou seja, se existe um excesso de repeteco, é porque existe público pra isso.

Eu, por exemplo, vejo Ghost e Uma Linda Mulheres toda vez que vejo anúncio de exibição.

Quem não?



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *