Retrô: #AFazenda terminou. Alguém percebeu?

Conheço apenas uma pessoa – pessoalmente – que assiste e gosta de A Fazenda 2. Defendia com unhas e dentes e se divertia quando eu dizia que era a coisa mais sem sal do mundo.
Mas nem era tão fã assim. Conversamos ontem e me disse que nos últimos dias estava mais apegada ao BBB e que provavelmente não veria a final porque a Record iria segurar até tarde e ela preferia dormir.
Eu não ia assistir, aliás, nem assisti. Deixei ligado porque me contaram que teria show de Jorge e Matheus e eu os adoro.
Acho, inclusive, que seria muito mais interessante um show da dupla que a final de A Fazenda.
Fosse assim, teria assistido. Desisti quando voltaram do intervalo, não passaram absolutamente nada, a dupla foi cantar e… bem, cortaram a música logo no início. Foi então que apareceu o senador… quer dizer, tinha Ivete Sangalo no SBT! Mudei.
Também não fiquei por ali, mais tarde digo o motivo. Fui ver Ugly Betty com a certeza de que ganharia bem mais.
Alguém merece Brito Jr e toda a embromation que a Record faz? Pouca prática é apelido.
Pra azar da Record A Fazenda 2 não aconteceu e não deixará saudades. Isso é um fato.
O engraçado mesmo, no entanto, foi ler a entrevista de Brito Jr ao R7. Ele disse que essa edição não foi morna, como dizem.
Lógico que não foi morna. A palavra é outra: foi morta.
E é bem feito, por todos os motivos já relatados nesse espaço.
* publicado originalmente em 11 de  fevereiro de 2010


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *