Retrô: Pelo prazer de ver nossos monstros sagrados

Capítulo de sábado, Aracy Balabanian e Fernanda Montenegro em cena. Depois, Cleyde Yáconis e Leonardo Villar.
Na sequência entra Tony Ramos. Tudo isso em apenas um capítulo, sem contar os outros grandes talentos dessa produção.
É ou não é um achado televisivo? Ainda mais se levarmos em conta que Silvio de Abreu está embalado e os capítulos de Passione estão imperdíveis e, pelo jeito, se manterão assim.
Dias atrás Brigida ficou brava com Antero por ele ter dito que era italiano. Agora, descobrimos que ele e Gemma quase se casaram no passado. Tipo… oi???
O pior é que nem dá pra juntar os caquinhos e tentar desvendar os mistérios.
Passione está muito bem amarrada e, por enquanto, sequer precisou usar o recurso de “quem matou quem”. Mas vai!
Seria bom que fosse o Saulo, hein? Adoro!
Mais uma coisinha: ontem, família reunida e o assunto era… Passione!
* post publicado originalmente em 30 de agosto de 2010


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *