Retrô: #UglyBetty: Um lindo final para o “patinho feio”

Pode ler, não farei uso de spoilers. Também não sei que palavras usar para descrever o final dessa série que religiosamente segui por quatro temporadas. Ri, amei, torci, vibrei. Vivi.
Sou sériemaníaco confesso e eu nunca estive tão triste ao escrever sobre o final de uma produção.
É diferente de ver um ponto final em Friends, Will & Grace e demais séries adoradas por mim, pois após tantas temporadas fica mais fácil aceitar um “the end” – tem aquela velha história de terminar ainda no auge.
Não dá pra falar o mesmo de uma produção que ainda está viva e vendendo criatividade nos roteiros ou por conta de um elenco envolvido e totalmente entregue.
Os roteiristas são tão admiráveis que conseguiram levar ao ar um final digno, lindo e capaz de prestigiar não apenas os personagens fixos que ainda estão no ar, como também resgataram figuras importantes e inesquecíveis.
Ugly Betty sai de cena deixando importantes mensagens para nossa sociedade:
* o “patinho feio” tinha uma alma linda e era capaz, uma profissional que fez até Wilhelmina baixar a guarda;
* a boa Betty com seu jeitinho contribuiu para a transformação de Daniel e Wilhelmina – e eles também foram fundamentais para que a feia ficasse bela, houve uma troca;
* a discussão sobre a homossexualidade de Justin, o preconceito contra os latinos ou “marginais” como Bobby, mostrando que além de entreter uma produção televisiva pode e deve educar;
Poderia citar mais exemplos, passar horas falando de Ugly Betty, mas nesse momento só posso expor minha tristeza pelo final somada a minha alegria por ter tido o prazer de ter assistido algo tão bom, o tipo de trabalho que como Friends, Chaves e similares vale a pena relembrar por toda uma vida.
Para quem ainda não viu, prepare os lencinhos: você vai rir, vai ficar tenso, mas, acima de tudo, garanto que também irá se emocionar.

* publicado originalmente em 31 de maio de 2010


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *