Retrô: #Viva com síndrome de #Record e #SBT?

Dias atrás disse que o Canal Viva tinha síndrome de Record e SBT: o aviso de “você está no Viva”, episódios “inéditos” de Sai de Baixo durante as tardes de sábado e domingo, filmes no lugar do Mais Você sendo que o programa tem um acervo de dez anos e etc e tal.
Eis que hoje estou assistindo a reprise de Por Amor e o povo entra com tudo na história do repeteco e re-reprisam uma cena já exibida: uma conversa sexy entre Orestes e sua esposa seguida do início do casamento de Helena e Atílio com a chegada de Branca. Foi assim que o capítulo terminou imagino que na sexta-feira, algo assim. Depois veio o casamento.
A festa de aniversário da Meg já tinha terminado, Nando e Milena se acertando e… voltaram com isso, direeeto do túnel do tempo!
Outro dia estava conversando com o Ricardo, editor chefe do TV Magazine, quando ele me disse que algo parecido tinha acontecido na reprise da Caça Talentos. E ficou por isso mesmo.
Gente, TV comercial até dá pra entender, tem entradas ao vivo dependendo dos últimos acontecimentos e um errinho aqui ou ali é inevitável. Mas um canal que não produz, apenas reprisa, poderia ter um pouquinho mais de cuidado, não? Hellow!



* post publicado originalmente em 29 de junho de 2010



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *