Sai de Baixo: “Os bons tempos voltaram!” Sensacional define!!

Acabou a chatice, Sai de Baixo está de volta! Após muita expectativa, finalmente chegou a hora de apreciar os novos episódios da trupe do Arouche, grande sucesso da Tv brasileira no finalzinho da década de 90, início dos anos 2000.

Sai de Baixo marcou época e não a toa é considerado um dos maiores humorísticos de todos os tempos na TV brasileira. Tão verdade que a Globo nunca mais viu a audiência conquistada pelo programa em outra atração.

E voltou a repercutir no Canal Viva, uma das maiores audiências do canal desde a estreia. Não por acaso escolheram o programa para celebrar os três anos no ar.

O resultado poderia ser bizarro, dar a sensação de que não deveriam insistir em um formato que saiu desgastado da TV. Os últimos episódios do Sai de Baixo foram sofríveis, o tipo de série que foi explorada até o último suspiro.

Mas esses onze anos fizeram bem ao elenco e redatores. Tiveram tempo de respirar e voltaram extremamente inspirados. E atualizados.

Piadas sobre tomates e aeroportos estavam presentes, com direito a Caco Antibes criticando a presença da classe C nos aeroportos. Pediu ajuda à Dilma!

As lutas marciais também estavam por ali, com Magda exigindo seu exame de MMA. Magda, eternamente burra, fez tanta confusão com sua troca na maternidade com sua irmã gêmea que é até impossível descrever. O cérebro implodiu com o viaduto, como bem disse Cassandra. Enteindem?

Outros momentos impagáveis:

Neide jogando a pobreza na cara do povo:

“Vocês são poooobres! Não dá pra ficar arrotando peru comendo mortadela!”

Caco pedindo para Cassandra falar uma frasê da Armênia;

Cassandra retribuindo as graças de Caco por conta do “gata borralheira” dizendo que ele não tinha mais o tanquinho que fazia sucesso no carnaval;

Neide Aparecida rica após processar a patroa, com direito a FGTS, adicional noturno, hora extra – também piada atualizada com a nova realidade das domésticas;

Ah, três milhões dobrado é um milhão e meio, né?;

O Canguru Perneta Dinamarquês anão múltiplo, com Caco Antibes acordando com a boca cheia de pelos e soltando a pérola, depois da prisão:


“Estou a fim de encarar um urso, CHUPA FELICIANO!”

E ainda teve os brindes da Magda:

“O meu brinde é uma camiseta? Cadê?”
“Brinde de carro brindado”

O episódio terminou com um golpe de Caco Antibes, passando o apartamento para seu nome e colocando Neide Aparecida em seu “devido lugar”. Ou seja, tudo voltou a ser como era antes, até com Neide Aparecida morena, again.

Canguru perneta, provocações à Aracy Balabanian promovidas por Falabella tirando a atriz do primo, esculhambação aos pobres, tudo estava ali, mas tudo, tudo atualizado. Tiveram esse cuidado.

Sai de Baixo teve seu primeiro episódio da nova leva exibido dando a sensação, clichê, mas real, de que não parecia ter saído do ar.

E já dá peninha por saber que restam apenas mais três.

Fora isso, uma certeza: a Rede Globo moscou. A volta do Sai de Baixo é um dos grandes acertos da TV brasileira em 2013, ponto para o Viva!

Não a toa figurou entre os assuntos mais comentados do Twitter em diversos tópicos!

Tudo volta a ser como antes, então… SAI DE BAIXO!

#saidebaixochatice



4 comentários em “Sai de Baixo: “Os bons tempos voltaram!” Sensacional define!!”

  1. ABSURDO AQUI NO ESTADO O RIO DE JANEIRO SÓ QUEM É ASSINANTE DE UMA DETERMINADA TV A CABO
    PODE VER SAI DE BAIXO. MAS UMA ROUBALHEIRA DA TV GLOBO QUE EXCLUIU OS QUE NÃO PODEM PAGAR UMA TV A CABO, ALIAS A MAIS CARA QUE TEM.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *