Saiba tudo sobre o programa da Globo Os Melhores Anos das Nossas Vidas

Boas histórias, músicas marcantes, filmes inesquecíveis, momentos históricos, novelas que marcaram época… O tempo passa, mas as boas lembranças permanecem. Uma saudosa viagem no tempo numa divertida competição entre cinco décadas: 1960, 1970, 1980, 1990, 2000. Assim será ‘Os Melhores Anos das Nossas Vidas’, programa que estreia no dia 11 de outubro, com redação final de Paula Miller e direção geral de Bernardo Portugal. A atração vai ao ar às quintas-feiras, após ‘Carcereiros’.

Leia: Ex-participantes do The Voice são escalados para novo programa da TV Globo

No comando da disputa está Lázaro Ramos, que apresenta o game show com a ajuda de cinco líderes, cada um representando uma década: Marcos Veras (1960), Marco Luque (1970), Lúcio Mauro Filho (1980), Ingrid Guimarães (1990) e Rafa Brites (2000). Os times contam ainda com ex-participantes do ‘The Voice Brasil’. A cada programa, duas décadas duelam, e a brincadeira é uma só: provar que a sua época é a melhor de todas. E, nesta competição bem-humorada vale tudo para ganhar os votos. No palco da atração, personagens que fizeram história, personalidades da TV, da música, do esporte, ou até mesmo anônimos que se destacaram por algum feito ou se tornaram notícia de alguma forma.

Os hits das épocas também terão destaque com a apresentação de cantores ou bandas que foram emblemáticos no período. Junto a eles, dançarinos caracterizados com figurinos e looks da década relembram os passos e estilos que foram sucesso naqueles anos.

Leia: “Fiquei muito triste”, revela Lázaro Ramos sobre a saída de Juliana Paes de programa que iriam comandar juntos

Vencedor de Os Melhores Anos das Nossas Vidas

Mas quem decide o período vencedor? Uma plateia formada por 100 jovens, com idades entre 18 e 20 anos, que vota em tempo real durante e no final do programa. Após assistirem aos musicais, danças, entrevistas, fatos marcantes e curiosidades referentes a cada década, eles escolhem a época em que gostariam de ter vivido votando através de um dispositivo enquanto participam da atração. O último duelo acontecerá em uma grande final que reunirá as duas décadas que mais vencerem ao longo das edições numa derradeira disputa.

“O programa é um grande game show em que vamos abordar temas que mexem com a memória afetiva do espectador através da música, do que foi notícia no Brasil e no mundo, arte, cultura, esporte, moda. Tudo isso feito de maneira divertida e informativa. O que o torna ainda mais especial é a abordagem desses temas, pois temos o desafio de apresentá-los a jovens que não viveram essas décadas”, afirma a redatora final Paula Miller.

“Todos nós temos uma questão saudosista nesse projeto, um apego, uma memória afetiva do que aconteceu na infância e na adolescência. Teremos a oportunidade de reviver isso tudo com o público, já que todas as décadas se enfrentam, e de levar informação às pessoas de maneira descontraída”, pontua o diretor-geral, Bernardo Portugal. “O bacana é que o programa gera reações muito espontâneas nas pessoas porque lida com a memória e com o nosso emocional. É uma grande festa. O público pode esperar muita diversão e, para usar um termo do passado, ainda ganha de “lambuja” um aprendizado sobre os grandes acontecimentos no Brasil e no mundo”, resume Lázaro Ramos.

Cinco líderes

Cada um dos cinco líderes já entrou na brincadeira e faz questão de defender com garra sua década. “Sou muito competitiva, e representar os anos 90 tem sido muito bacana para relembrar uma época que não é tão distante, mas que muitos não têm lembrança”, observa Ingrid Guimarães. Para Lúcio Mauro Filho, a década de 80 é uma das mais queridas pelo público: “Foram tantos acontecimentos e coisas maravilhosas que vivemos naqueles anos…”.

Já Marco Luque está expert nos hits e no figurino dos anos 70. “É um período de grande efervescência cultural e de transformação”, define. Na década de 60, Marcos Veras destaca o estilo de vida e os grandes movimentos culturais: “Muitos terão a oportunidade de redescobrir ou conhecer cantores e notícias da época”. Já Rafa Brites está animada com os anos 2000. “Quero mostrar o que de melhor temos nestes anos e cativar o público com muita dança, música e informação”, conta.

Por dentro das décadas

Como serão relembrados os momentos de cada década

As músicas, os filmes, a moda, as grandes notícias que fazem parte de cada uma das décadas e que ajudaram a compor e determinar as características de várias gerações serão relembrados ao longo dos programas de diferentes maneiras.

Os hits – Os grandes sucessos de cada década com os arranjos originais serão interpretados pelos convidados e acompanhados pela banda do programa, ao vivo. Junto a eles, um corpo de bailarinos apresentará no palco os ritmos e coreografias que marcaram cada época.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *