Salve Jorge e a pior cena de surra da história

Deu vergonha alheia a “surra” de Lucimar em Wanda ontem em Salve Jorge.

Sério, a Lucimar arma tudo, entrega Wanda para a polícia em horário diferente, se esconde pra dar o bote e, na hora “h”, a sequência se resume em uma chave de braço que mais parecia um abraço por trás?

Cadê os tapas? Puxões de cabelo? Wanda sendo jogada ao chão enquanto se esguela feito uma condenada??

Glória Perez, que já escreveu surras memoráveis – a de Morena em Wanda, por exemplo -, deixou a desejar. A direção, idem. A chamada estava muito melhor que a cena em si!

Pior que isso foi a forma com que Wanda escapou.

Cadê a reação daquelas pessoas diante de um assalto a mão armada? Tipo o casal saiu da moto como se estivessem dando lugar para uma velhinha no ônibus. Nenhum sinal de medo, nada.

Teve mais: ela guardou a arma na bolsa, dava pro carinha ter uma reação e jogar o capacete na cabeça da bruaca, afinal, era uma mulher evidentemente despreparada para um assalto.

Me erra, vai gente.

Glória Perez adora dar uma de Janete Clair New Generation mas sua novela está cheia de furos. E isso porque, vejam só, tirou onda do pen drive de Nina em Avenida Brasil.

Bom, de acordo com a autora, é moda primavera verão falar mal de sua novela.

Então tá… Pelo jeito também será moda outono/inverno! Super tendência!

6 thoughts on “Salve Jorge e a pior cena de surra da história

  1. Concordo. Salve Jorge é muito ruim e tem furos imperdoáveis.
    Não é a toa que prefiro assistir Guerra dos Sexos, que não se propõe em ser uma novela realista e por isso pode contar com roteiros surreais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *