Sangue Bom: Novela dá uma reviravolta e está imperdível

Ótimos os capítulos recentes de Sangue Bom. Muita coisa acontecendo ao mesmo tempo!

“Aparentemente” Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari lidaram bem com as críticas feitas a produção. A maioria dizia “é boa, mas falta alguma coisa”.

Coloquei entre aspas porque é complicado falar de humildade com uma dupla que prestigia a obra dos outros a todo instante, né?

Sangue Bom não é uma obra de ficção, tal qual A Vida Alheia, de Miguel Falabella, retrata um lado bem o  complicado e asqueroso das celebridades – ou sub. Tudo pelo poder, pra se manter em alta. Vale até passar por cima dos outros.

Não é o caso dos dois.

A novela terminou ontem deixando muitos ganchos para o capítulo desta terça e, a sensação, é a de que muita coisa ficou para amanhã, e depois, e depois…

Ou seja, Sangue Bom começa a instigar, nutre no telespectador o desejo de ver no dia seguinte. E isso é muito bom.

Érico irá perdoar a noiva? Será readmitido?

Como será a próxima conversa entre Bento e Giani, depois do que Amora fez? Irene vai contar para Fabinho que realmente é sua mãe?

One thought on “Sangue Bom: Novela dá uma reviravolta e está imperdível

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *