SBT, Band e Record optam pelo lado mais fácil

13 de março de 2013 9 Por Endrigo Annyston

Já conhecemos os editoriais da Record descendo a lenha no Ibope, assim como é frequente José Luis Datena virar notícia por estar  criticando o presidente do instituto.

Agora, pelo que entendi, é a vez do SBT lançar uma campanha em que irá premiar os telespectadores que revelarem ter o “peoplemeter” em casa.

Lembrando que a emissora, anos atrás, lançou o Datanexus, instituto que concluiu que… bem, os dados eram semelhantes aos do Ibope.

O que me admira, no caso, é a coragem dessas emissoras ao brigarem por… nada.

Estão oferecendo o que, de tão bom, que realmente merece dar uma audiência incrível?

A Globo está em queda livre e não vejo, em nenhum momento, a emissora chorando. Eles seguem trabalhando para tentar recuperar o público perdido, mesmo com suas novelas batendo recordes negativos históricos.

O SBT passa o dia inteiro com reprises, tendo como único atrativo a novelinha Carrossel, e ainda assim quer passar a Record?

Cê jura?

É bem verdade que, no programa de Silvio Santos, o dinheiro que as colegas de auditório levam pra casa “caem do céu”, mas, na dura realidade, as recompensas costumam vir depois de um longo período de trabalho.

Acho que ele deveria saber disso, já que começou como camelô.

Assistimos de camarote o SBT retomando a segunda posição enquanto a Record estava enfraquecida, entretanto, nos capítulos recentes dessa história vimos a Record se mexendo para tentar reverter a situação.

Enquanto isso… bem, enquanto isso, o pessoal do SBT se juntou aos demais, no camarote. E estão ali, assistindo e reclamando do atual panorama.

Dizia Vovô Mafalda: mamar na vaca vocês não querem, né?

Dica: ao invés de um concurso para encontrar casas com peoplemeter, vamos procurar quem realmente entenda de TV e possa reverter o atual panorama.