SBT reage, volta a brigar pela vice e faz a volta dos que não foram

Não adiantou avisar a Record, explicar tim-tim por tim-tim quais os motivos que fizeram a rede parar de crescer e começar a perder a audiência de seus principais produtos como Jornal da Record, A Fazenda e O Aprendiz. Pra eles não passava de uma união da imprensa com a Globo para derrubá-los.

E continuaram errando, do mesmo jeitinho que fez o SBT anos atrás. Agora, aparentemente, é a hora de a situação se inverter.

Se lá atrás a Record se aproveitou da crise do SBT para acertar, hoje é o SBT que repete a estratégia.

Aquele defeito que era basicamente a identidade do canal de Silvio Santos – as constantes mudanças de horário – está minimizado, pouco se mexe na grade. Além disso, colhem bons frutos com as recentes estreias, como Um Milhão na Mesa e De Frente com Gabi, além de Eliana e o próprio patrão estarem vivendo fases excelentes.

Tudo isso somado resultou em uma nova aproximação da Record, o SBT tem crescido significativamente em 2011 enquanto a concorrente está estacionada.

Aparentemente esse crescimento era motivado apenas por conta do Pan, ou seja, quem não queria ver a competição migrava para o SBT, no entanto, dados divulgados com certa frequência tem mostrado que o SBT continua vencendo com pouca diferença ou empatando com o canal dos bispos.

Pra quem andou brigando pela terceira posição com a Band é um tremendo feito, não?

E olha que a Record andou tratando o SBT como “cachorro morto”, daqueles que nem precisavam perder tempo chutando.

Como diz aquela ação publicitária que o canal da Anhanguera soltou, nesse Pan, eles ganharam a medalha de ouro. E continuam ofuscando a TV de primeira mesmo depois dos jogos e-x-c-l-u-s-i-v-o-s.

Mais uma prova de que o mundo dá voltas… e que Silvio Santos está mais vivo que nunca!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *