Segundo Shakespeare, último episódio de Pé na Cova foi chato, mas série fará falta

A Globo exibiu um episódio muio bonito de Pé na Cova, mas o bloco final deixou a desejar. Foram dez minutos relembrando momentos do seriado. Chaaaaato.
Mas aguentei firme e forte, na esperança de que ia sair do papel a tal homenagem à Marília Pêra. Porém, infelizmente, não teve quando ela faleceu e nem agora.
A última aparição de uma das maiores atrizes do Brasil disse muito. Um olhar vago, evidentemente emocionado, que sabia o que vinha por ali.

Da mesma forma, as muitas lágrimas de Falabella. Na minha opinião, a melhor despedida aconteceu na semana passada, no diálogo de Ruço e Darlene. Acredito até que a atração fecharia com chave de ouro terminando naquele dia.
Pé na Cova vai fazer falta, é certeza que Shakespeare acha isso. Vejo como o trabalho mais redondo de Falabella, bom do início ao fim. Falas geniais, elenco afinadíssimo e uma trilha sonora impecável.
E foi uma despedida definitiva de Marília. Tanto ela quanto a série deixarão saudade.


1 comentário em “Segundo Shakespeare, último episódio de Pé na Cova foi chato, mas série fará falta”

  1. Não sei se trata de um saudosismo adiantado mas eu gostei. Mas falando do todo Miguel e equipe estão de parabéns. Grande seriado. Mistura primorosa de amor, humor e melancolia. Sem tirar as grandes reflexões de personagens ditos loucos como Juscelino. Vai deixar saudade esse texto pra lá de especial do Miguel Falabella.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *