Situação da Rede Record põe em risco a história da emissora além de pais de família

Situação da Rede Record põe em risco a história da emissora além de pais de família

7 de junho de 2013 13 Por Endrigo Annyston

Nos últimos dias dias venho acompanhando direta e indiretamente a situação na qual a Rede Record vem passando nesses tempos. Todo mundo fala da crise, dos motivos e “tal”, no entanto, ninguém para pra pensar no mais importante de toda essa… abominação: E a história da Rede Record? E os funcionários sendo demitidos?

A PÉSSIMA administração de Macedo e Gonçalves está acabando com a essência do que é, ou pelo menos era, a Rede Record. Profissionais estão perdendo EMPREGOS e NINGUÉM faz absolutamente nada!

Parece que ninguém se importa com os pais de família. pessoas que outrora estavam na Globo ou SBT felizes, e foram seduzidos por salários astronômicos.

Pessoas estas que estão sendo EXPULSAS, sim meu caro gafanhoto (™ @Cardoso), expulsas de seus postos de trabalho, e sendo acompanhadas por seguranças(!) até a porta como se fossem bandidos. Imaginem a vergonha que estes cidadãos estão passando? Imaginem A DOR?!

Não vou entrar aqui nas razões pelo qual a Rede Record está se afundando, todos nós, leitores e jornalistas, estamos carecas de saber os motivos.

Só quero que alguém com influência, algum órgão regulador, analise a situação da Rede Record, para impedir que ela caia como a Rede Manchete em 99.

O interessante é notar que quem devia cuidar das emissoras, não o faz. Como sempre!

O Lula não disse em critica que TVs são “concessão pública”? Então o que o governo está esperando para tirar Edir Macedo, Honorilton Gonçalves e toda sua corja da Rede Record?

O governo, o ministério das comunicações, vai realmente deixar uma coisa dessas acontecer? O mesmo governo que adora cantarolar aos 4 cantos do mundo que a taxa de desemprego está diminuindo, não enxergam que isso na Record é quase como uma “propaganda negativa” contra o que eles mesmo dizem? É algo que está na fuça deles, acontecendo agora, neste instante!

Quase 1000 pessoas sendo demitidas de uma das grandes emissoras do país. E não farão nada quanto ao assunto?

E a ANCINE, que só está ajudando a atrapalhar com essa coisa PATÉTICA de Classificação Indicativa (que agora é obrigatória na TV paga também) — e a tal lei da “cota de programas nacionais” — na TV Paga? Não fará nada? Quer dizer, para limitar e censurar cultura e ótimos programas eles se atentam, agora garantir os empregos de cidadãos numa das grandes emissoras da TV aberta eles não estão nem ai? Interessante esse pensamento.

Não sou fã da Record, na verdade, de uns tempos pra cá nem a acompanho mais pela péssima qualidade de estrutura de grade que a administração Honorilton Gonçalves fez, mas nem por isso quero ver MAIS UMA emissora caminhando para o fim. Quando tinha 9 anos senti muito o fim da TV Manchete, minha avó sentiu o da TV Tupi e a Excelsior, e por eu ser um entusiasta de TV e “ex-ator”, quero que nasça mais TVs, e não que nosso já escasso portfólio televisivo com alguma rara qualidade, diminua ainda mais.

Essa situação toda é uma vergonha!

E acho, sinceramente, que deviam devolver a Rede Record para os antigos donos, a família Machado de Carvalho e Sílvio Santos!

*Wanderson de Souza Ferreira. (@Wardz_de_souzA)
*Ex-Ator teatral, 22 anos, e amante de TV, Mangás e Animes