Talento para a mídia

12 de abril de 2013 0 Por Endrigo Annyston

Bárbara Ellen (Giulia Gam) faz tudo por um aplauso. É viciada nos holofotes e precisa ser idolatrada por uma multidão para se sentir querida. Em ‘Sangue Bom’, nova novela das sete, a personagem é o pivô da união de alguns personagens e da separação de vários outros. Atriz decadente, ela troca de marido como quem troca de roupa e, atualmente, é casada com Jonathan James (Pablo Morais), um rapaz jovem que conquistou espaço na mídia e dinheiro por ser casado com ela. Mas, com a morte dele, logo investirá em outro bom partido, Natan Vasquez (Bruno Garcia), o futuro sogro de sua filha Amora (Sophie Charlotte).

O passado de Bárbara

De origem humilde, a atriz trocou o nome de batismo, Conceição, pelo o de Bárbara. Filha de mãe sacoleira, ela sempre sonhou em se tornar celebridade e fez tudo para conseguir sucesso.  É capaz de destruir casamentos, inventar histórias e, à procura de poder e fama, casou-se, no passado, com o famoso cineasta Plínio Campana (Herson Capri), com quem teve Malu (Fernanda Vasconcellos).

Uma das maneiras de Bárbara se manter na mídia é adotando crianças, fingindo ser generosa e ótima mãe. Amora (Sophie Charlotte) foi a primeira. Linda, com  perfil físico para a moda, logo se tornou a principal it girl do país.  Além de Amora, adotou também Luz (Aline Dias), que, segundo Bárbara, veio do Acre, Kevin (Marcus Rigonatti), que a atriz jura ter “importado” do Zimbábue e Dorothy (Ayumi Irie), que seria uma sobrevivente de um famoso tsunami que atingiu a Tailândia.

Escrita por Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari, ‘Sangue Bom’, próxima novela das sete da Globo, é uma comédia romântica urbana e contemporânea, ambientada em São Paulo, com direção de núcleo de Dennis Carvalho e direção geral de Carlos Araújo.