Terça-feira na TV é a noite das grandes mulheres

Estava pensando ontem: de um lado Fernanda Torres e Andréa Beltrão, do outro Lilia Cabral e Totia Meireles. Somos sortudos, não?

Duas gerações diferentes, no entanto, dividem uma qualidade: o talento.

Ontem Divã se despediu – INFELIZMENTE!! – com mais um belo episódio e um show dessas duas excelentes atrizes. O que me assusta, no caso, é a capacidade que Lilia tem de emendar trabalhos e ainda assim dar um toque diferente a cada uma de suas mulheres. Ontem olhava para Mercedes e não enxergava Teresa, Catarina, Marta…

É uma grife, diria Manoel Carlos.

Impossível, também, deixar de destacar o quanto Tapas & Beijos amadureceu em tão poucas semanas e como essa produção está deliciosa.

O mais bacana é verificar que esse crescimento é resultado da soma de um texto inspirado, elenco e direção afinados.

Pena que ficaremos sem Lilia e Totia para, no lugar de Divã, entrar A Mulher Invisível com Luana Piovani, “atriz” que sempre se interpreta.

O labo bom? Sobra tempo para eu assistir Hebe, pois, Piovani, “nem a pau Juvenal!”.

Que Divã ganhe uma nova temporada, nós merecemos!

3 Comentários

  1. Pior que eu fiquei triste também com o fim de Divã! Estava tudo tão perfeito, aí me vem A Mulher Invisível pra subsitituir? Deus é mais!

    Lília Cabral: obrigado mais uma vez e que a Tereza volte ano que vem!

    Obs: a atriz é poderosa né? Além de protagonizar a próxima novela do Aguinaldo, ainda vai ser a última Helena do Maneco no horário das 8, vai voltar com Divã no segundo semestre de 2012 e tem a sua peça de teatro Maria do Caritó que é sucesso em qualquer praça! PARABÉNS! =D

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*