The Big C: Série genial, lição de vida total! – The Finale S04E04 Series Finale

Como começar um texto de despedida de uma das séries mais incríveis da história da TV mundial?

E não se trata de uma ficção, The Big C se confunde com a vida de muita gente, portadores de câncer ou familiares, amigos.

O drama de Cathy foi incrivelmente interpretado por Laura Linney. O início da doença, a batalha pela cura e a conformação.

Esses últimos episódios foram de muito conflito interno. Nossa heroína estava muito confusa com relação as suas vontades.

Se nas três primeiras temporadas ela quis preparar todo mundo para sua partida, mesmo lutando contra a doença, aqui ela surge com medo de morrer.

Não queria partir, repetiu isso diversas vezes. Neste finale, entretanto, chegou ao cúmulo de pedir para Sean lhe ajudar a morrer.

Dores, cegueira, o fato de não poder mais andar. Estava vegetando, “atrapalhando” todo mundo. Mas ainda tinha uma meta: se entender com o pai.

Depois da loucura de cogitar morrer forçando a barra – o que era essa criatura se achando tipo Deus, crente que estaria morta no dia seguinte após dormir? -, se entendeu com o velho, voltou para casa, foi tratada por Ina.

Ganhou um presente incrível de Adam e, de minha parte, foi o momento mais emocionante desse fechamento de ciclo. Quem imaginaria que esses sumiços do menino eram na verdade uma grande surpresa para a mãe? E que surpresa, lindo, lindo mesmo!

Pela ordem: fez as pazes com o pai, Adam estava formado, encorajou Andrea, só estava faltando as peônias, negadas pelo pai em seu casamento.

Essas ela não teve a alegria de receber em vida, através do belo gesto de Paul.

Sim, Cathy morreu, mas não morreu por causa de Morthany. ainda viveu quatro meses depois da “previsão”. Morreu porque tinha que morrer.

Não fiquei triste porque confiei nos roteiristas, eles nunca decepcionaram.

Vimos a reação de cada um dos familiares e de Andrea ao longo dos últimos anos, mas fomos poupados do sofrimento deles quando a hora da partida realmente chegou. Esse foi um ponto positivo.

Depois, Cathy reaparece, bela, feliz e recuperada, relatando a história de sua vida para sua terapeuta, que também não estava entre os vivos. Assim como Marlene e Dr Sherman, fazia parte das visões dela.

E aí nossa heroína se joga na piscina, ao lado de sua inseparável parceira Marlene e de Thomas.

Lucky Her!

Até me arrepiei escrevendo isso. Estou emocionado agora, enquanto escrevo.

The Big C é mais que entretenimento. Eu fiz quase que uma análise nos últimos anos.

Quem já conviveu com portadores de câncer sabe que a intensidade da série é ainda maior. E muito real.

Quantas pessoas que foram tidas como curadas já vimos partir? Eu vi no meu dia a dia, também temos o exemplo de Hebe.

Chega uma hora em que a pessoa realmente quer ie embora e nós “pedimos” para que Deus tenha piedade.

Tudo isso estava retratado na tela da TV. E Laura Linney, bom, essa arrasou em cada novo episódio, mas, nessa última temporada, ela simplesmente se fez merecedora de todos os prêmios de 2013.

Atuação incrível! Impecável. Todo o elenco esteve muito bem, mas Laura… uau!

The Big C sai de cena deixando saudade, mas é uma série que a gente leva para a vida: vale ser revista, sempre.

Que sorte a nossa!!!!!!!!



1 comentário em “The Big C: Série genial, lição de vida total! – The Finale S04E04 Series Finale”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *