The Walking Dead é para quem tem nervos de aço (3X10)

O último episódio de The Walking Dead em 2012 foi sensacional. O retorno da temporada, é bem verdade, foi bem morninho diante de tudo aquilo.

O mesmo não é possível dizer do episódio desta semana. Quando parecia que certa “paz” reinava na prisão, o governador caolho surge para se vingar do último ataque. Ele, alguns parceiros e errantes.

O negócio estava tão tenso que era meio inviável imaginar que Hershel e Carol escapariam ilesos. E Rick, também desarmado e cercado, qual destino teria o líder do grupo? Ainda mais por estar assombrado.

Nesse meio tempo, uma tensão surgiu entre os irmãos Daryl e Merle. Previsível até.

Mas Merle seguiu o irmão, ajudou a salvar Rick. O que isso significará, na prática?

O grupo percebeu que está fraco diante dos demais. Terão, sim, que aceitar aquele novo pessoalzinho que está na prisão. E Merle.

Ainda assim, são minoria. Terão que ter muita, muita sorte.

Tudo isso sem contar com Andrea.

Eu só sei de uma coisa: todos esses acontecimentos desse episódio bombástico deixaram ainda mais dúvidas com relação ao que vem por aí.

Está tudo imprevisível, tanto quanto a mentalidade de Rick.

Isso que é série!



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *