Todos querem Palmirinha – menos o bobão

2 de outubro de 2010 0 Por Endrigo Annyston

E eis que finalmente vamos falar da fofura que é Palmirinha Onofre, a bola da vez.

Já há algumas semanas estamos tentando comentar sobre a culinarista, mas aí vem o final de Escrito nas Estrelas, os 60 anos de TV… ou seja, assuntos que não permitiam “pular para a semana que vem”. Tivemos que fazer isso com Palmirinha, só que… eis que ela continua sendo assunto.

Após encerrar sua trajetória no TV Culinária – com mágoas, afinal nem deixaram que ela se despedisse das “amiguinhas” – Palmirinha está sendo disputada por todas as emissoras de TV: esteve na Hebe, Vitrine, Ratinho e diversas outras atrações com matérias especiais que exaltaram sua importância para a TV, especialmente no universo feminino.

Quem hoje em dia consegue se manter por tantos anos na TV? E mesmo estando em uma TV “pequena” o TV Culinária mantinha indíces bastante animadores.

E Palmirinha parou não porque se cansou da TV e sim por conta do desgastante trabalho: tudo, tudo ficava em suas costas.

Eu sou da opinião de que ela precisaria de uma “mão amiga”, tipo trabalhar como convidada em um programa de TV. Agora, além de ter de apresentar a atração sozinha – a memória como sabemos não ajuda com o passar dos anos – ainda tinha que preparar os pratos.

Na sequência do fim de sua participação no TV Culinária surgiram rumores de que ela iria trabalhar com Ana Maria Braga, ou seja, dando vida ao que eu imagino para Palmirinha: trabalhando em parceria.

Mas aí vem o grosseirão do Bobinho, oops  Boninho, usando seu Twitter e indo contra toda a mídia que está paparicando Palmirinha: disse que ela passou da idade – como se ele já não fosse um senhor, não fosse ficar mais velho ou como se seu pai, o Boni, não fosse uma das pessoas mais entendidas de TV, mesmo também acumulando algumas décadas de idade.

O lado bom é que ela, sem querer, está dando o troco ao garantir audiência nos programas em que participa e por ganhar destaque na mídia.

Enquanto isso ele acumula vários programas de realidade sem sucesso – mesmo apostando em coisas nojentas – e vê seu único grande feito dos últimos anos perdendo audiência a cada nova edição (BBB).

Já sobre a Palmirinha: que essa senhora de uma história admirável continue sendo paparicada e colhendo os frutos de seus anos de trabalho. Ah, e que continue na TV, nos divertindo com seu bom humor mesmo quando dá uma escorrecadinha básica, afinal, “todos querem Palmirinha”.