Top Five Especial: Hebe Camargo, única e insubstituível

Dizem que as pessoas não são insubstituíveis. Está bem equivocado quem diz isso.

Tanto é verdade que, como sabemos, é a “velha guarda” quem segura as pontas na TV brasileira. Seja em novelas, jornalismo ou variedades, são poucos os novatos que mostram potencial para quem sabe, um dia, ocupar a vaga de um profissional mais antigo, ou, melhor dizendo, alguém cuja história se confunde com a desse veiculo de comunicação.

É o caso de Hebe. Se lá fora as mulheres querem ser Oprah, aqui no Brasil as apresentadoras sempre disseram que desejam ser Hebe Camargo. Impossível.

Nenhuma consegue ser classuda e popular ao mesmo tempo sem baixar o nível e, mesmo quando falava de sexo ou temais mais picantes, Hebe tinha o aval do público, aquele que permite que ela e Silvio Santos saiam da linha de vez em quando. Sabe como?

Eis que agora, nesse momento de despedida, e após rever diversos momentos, é chegada a hora de listar situações inesquecíveis da loura linda de viver. A seguir:

1- Hebe ao lado de Silvio Santos no Teleton, sem a menor sombra de dúvidas essa parceria é um dos momentos televisivos mais aguardados do ano, senão o mais. Para os fãs de televisão, uma grata surpresa. As abobrinhas, o “sai pra lá” de Silvio, Hebe doidona quando a meta era atingida. Momento único, realmente.


2- As entradas triunfais em seu talk show, embalada pela trilha que é um marco em sua carreira. A diva da TV entrava em cena toda pomposa, esbanjando alegria, contagiando seu público. Pãpãrãpãpã pãrãpãpãpãããã… adoooro!


3- Quando Hebe brincava de ser atriz, sim, porque ela mais ria que atuava, um achado. Participações na Praça, Escolinha, os especiais como Romeu & Julieta, a rainha do filme de Xuxa… é assistir pra rir, junto com ela! Num tempo em que o humor não era grosseiro, sujo, ela ria de coisas simples, como o fato de que ainda iria completar 15 aninhos… rs


4- O primeiro programa de 2010, celebrando o retorno da apresentadora ao video, comemorando seu aniversário e a “vitória” contra o câncer, cercada por personalidades da mais alta qualidade, inclusive globais como Ana Maria e Xuxa. Só Hebe para reunir um time assim… emocionante!


5- A merecida homenagem recebida no palco do Domingão do Faustão e, graças a Deus que esse amigo teve a chance de lhe congratular em vida. Hebe foi a estrela do especial do Domingão e colheu os frutos de mais de sessenta anos de carreira, tudo mais que merecido. Um ano depois, a “louca” até mandou Regina Duarte calar a boca. Sensacional!

Tem mais um momento, e esse muito difícil para ela, que é impossível não citar: sua despedida do SBT, com a voz embargada, partindo para um recomeço.

Mas é impossível, no final das contas, resumir Hebe Camargo em cinco tópicos. Como não citar seus encontros com Golias, Nair, Lolita e Dercy? As deliciosas entrevistas que deu à Gabi, no GNT ou SBT? O quanto ríamos quando firmou parceria com Eduardo Martini e sua impagável Neide Boa Sorte? E o Jornal da Hebe?

A TV brasileira perde um importante pilar e, sinceramente, cada vez tenho mais medo do que sobra pra gente que adora o veículo.

Como ela diria, tenho peninha. É o fim de uma era.



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *