Touch: Voltei a sentir a tal mágica! (1X04)

Fiquei desapontado com o episódio anterior, nem escrevi a respeito. Fiquei meio assim porque defendi Touch enquanto muitos outros detonaram a produção em suas resenhas.

Não estava entendendo o motivo para descerem a lenha como estavam fazendo. E aí o terceiro meio que deu a sensação de… será que estavam certos?

Esse quarto episódio voltou a me dar expectativas, foi melhor que o segundo e quase tão interessante quanto o primeiro.

Bacana esse reencontro de Martin com um pouquinho da história de Sarah, sua falecida esposa. O final teve aquela mágica, quando ele descobriu o motivo de ela não usar o anel, e olha que até partiu pra cima do amigo/aluno dela.

Outro ponto interessante é o fato de a história de um episódio continuar servindo para o andamento das demais. Não é que o cara da loteria reapareceu e também tinha ligação com Sarah?

É essa sensação, a de que tudo acaba fazendo sentido no final, quando as peças do quebra cabeça vão se formando, é essa mágica que faz Touch valer a pena.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*