Trombone: Poder Paralelo termina sendo rejeitada pela imprensa

2 de março de 2010 28 Por Endrigo Annyston

É impossível ver uma novela passar em branco na imprensa como Poder Paralelo. Muitos acusaram a prória rede de não ajudar a seu produto que mais da audiencia no horário.

Acusação essa que passa despercebida quando não vemos os personagens principais nas capas de revistas, de fofocas e em torno de todo veículo impresso do país. Mas é assim mesmo, a novela veio, mostrou poder e ja se vai deixando um legado de seguidores, mesmo sem ver as curvas de Paloma Duarte na capa de Nova, nem Adriana Garambone na Caras e Miriam Freeland em anúncios de produtos na TV.

Porque isso? Onde está o verdadeiro poder paralelo? Nunca se viu tanta perseguição em torno de um produto tão bem acabado, que vai terminar como uma novela única, sem clichês. Paloma Duarte, Miriam Freeland,Gabriel Braga Nunes e Marcelo Serrado são hoje os vilões e mocinhas da nossa TV, mesmo que não sejam aceitos, mas que são são.

* do internauta Kleber Negreiros