Tropa de Elite: E não é que me surpreendi!

Não assisti o primeiro e não gosto desse tipo de filme, eu não assisti Carandiru, Cidade de Deus ou qualquer outro que mostre a realidade “assustadora” do Brasil.

Como já tinha um pré-conceito formado sobre o filme, no começo achei que estava certo, palavrões, mortes e tiros, mas era o ponto de partida pra história. Não tratou só do trafico nas favelas, foi além, contou como as policias se tornam milícias e o como o poder publico é pobre.

Tropa de Elite: O inimigo agora é outro, tem história, suspense, ação, humor, amor, um bom elenco e nos faz pensar como somos enganados. Fiquei assustado com as condições de quem vive uma favela do Rio ou de quem trabalha para um jornal como repórter investigativo e tem aquele fim.

Diferente de Nosso Lar que eu achei sem história, Tropa de Elite me surpreendeu e tenho vontade de ver de novo.

* do internauta Raf.


* Participe do Vc no Cena, envie seu e-mail para [email protected]

____________________________________


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *