True Blood: Acho que é isso mesmo, pena (3X08)

13 de agosto de 2010 0 Por Endrigo Annyston

Estou a cada dia mais desanimado com a série True Blood. Terceira temporada, oito episódios exibidos e apenas dois se salvam.

O anterior, de número sete, gerou inúmeras expectativas pois teve o ritmo que nos habituamos na primeira temporada. Parecia que os redatores estavam recuperando a boa forma, porém, depois do que vi nesta semana acredito que tenha sido pura sorte.

True Blood fez uma primeira temporada viciante, perdeu ritmo na segunda e a terceira, de modo geral, tem sido dispensável. Uma ou outra coisa salva.

Acredito que o ritmo de novela mexicana está roubando o espaço da ação: Sookie se lamentando por Bill, Lafayette e Sam com problemas familiares e todo aquele blá blá blá.

Desta vez, a produção só esteve interessante quase lá no finalzinho, com Talbot sendo assassinado por Eric após uma sequência hot hot hot entre eles.

Bons momentos também entre os lobos e Sookie sendo salva por Bill e Jéssica, quer dizer, especialmente por Eric, pois foi por ter matado Talbot que se livraram do Majestade.

De qualquer forma, tivemos uma certeza: Eric estava interpretando. E Bill? Gosta de Sookie, não gosta? – a cena final de sexo entre eles foi hot!

Imagino que o próximo episódio possa ser melhor, com o desfecho do sarapatel criado por Eric. E só.