A TV devia parar de tratar o público como idiota

Depois da entrevista do Roda Viva com o Boni tenho a certeza de que a TV aberta no Brasil precisa passar por um furacão e reavaliar o caminho das coisas.

Claro, não falo só de qualidade, mas também de oferecer ao público coisas que realmente preste. No Brasil falta não só roteiristas, mas produtores.

A TV aberta está passando pela pior crise de criatividade e qualidade dos últimos tempos. Desse jeito, vai ser difícil sair desse buraco.

Sei que sou utópico, mas sonho com uma TV aberta de qualidade no Brasil. Quando falo qualidade não é transformar todas as TVs em emissoras educativas ou culturais, mas sim de tratar o público com respeito.

 Respeitar a inteligência do público e não tratar o telespectador como um idiota.

* do internauta Wander Veroni



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *