Two And a Half Men volta com algo faltando. Charlie Harper?

Eu esperava bem mais da volta de TAAHM. Sério mesmo.

A produção nunca foi engraçada apenas pela presença de Charlie Sheen, o restante do elenco tinha personagens que divertiam ora por conta de Charlie e… bem, basicamente Charlie estava sempre envolvido, mas eles tinham vida, apesar de muitas vezes fazerem escada pra ele.

Complicado analizando assim, mas Charlie era realmente a estrela. Não a única, insisto.

Só que isso não estava tão óbvio até que ocorresse a estreia da nova temporada. O meu sentimento foi o de que estava faltando algo.

Um bom texto? Pode ser, nada me fez rir, estava tudo muito dentro do imaginável, ficou faltando um elemento surpresa.

Colocar Ashton Kutcher pra fazer um novo Charlie ou passar o episódio rindo do falecido personagem é o mesmo que passar recibo garantindo que apesar de todo o forfé não existe Two And a Half Men sem Charlie Sheen.

Espero realmente estar errado, Sheen merece que a série sobreviva sem ele pra ver se acorda pra vida, mas… se continuar assim, não vai rolar!

Ah, e vamos combinar que poderiam ter explorado melhor a Rose? Nós merecíamos uma boa sequência depois daquele lance com os bonecos.

E Jake que serviu como enfeite? Aff!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*