Um homem com pequenos defeitos e uma grande virtude

Paulo Ventura (Domingos Montagner) pode ser descrito como um herói daqueles. Ele não está acima nem do bem e nem do mal, uma vez que coleciona inúmeras imperfeições que o aproximam do cidadão mais comum. Mas este homem, que entrou para a política por convicção e permaneceu nela por acidente, é imune à corrupção e não esmorece por mais dura que seja a batalha.

Formado em direito, Paulo tem como característica a firmeza na hora de defender suas ideias. Engajado e com vocação para liderança, elege-se deputado. Vítima de uma armação política, Ventura chega à presidência da Câmara e, a partir de um capricho do destino, assume a Presidência da nação. Nos bastidores do poder, Paulo encontra sujeira, falcatruas e ameaças. Mas com sua simpatia, inteligência e jogo de cintura, ele promete enfrentar de peito aberto esta missão. Sem falar no seu sincero amor por este país – ou como Paulo sempre se refere ao Brasil: “este grande país“.

‘O Brado Retumbante’ é uma obra escrita por Euclydes Marinho com a colaboração de Nelson Motta, Guilherme Fiuza e Denise Bandeira. A direção de núcleo é de Ricardo Waddington e a direção geral é de Gustavo Fernandez. A minissérie estreia no dia 17 de janeiro e será exibida em oito episódios, de terça à sexta-feira, logo após ‘Big Brother Brasil’.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *