Uma boa coincidência televisiva

Semana passada abri um post pra tratar sobre o DVD Canibália, da Daniela Mercury, e lamentei que a mídia não lhe dava muito espaço nos últimos tempos – lamentei mais ainda o fato de ela não lançar mais canções bacanas, ou seja, um pouco é culpa dela.

Aí na madrugada de sábado para domingo o Altas Horas recebeu, além da diva da teledramaturgia nacional Regina Duarte, a própria Daniela Mercury. Fiquei feliz com essa coincidência, não sabia que ela estaria por ali quando escrevi o artigo.

No final das contas vi todo o programa e, bem, já tinha algum tempo que não via o AH. Continua único, um dos melhores no segmento auditório.

Bem variado, musical, convidados interessantes como o rapaz que fascinou com os patins e matérias que fazem diferença como a do pessoal que trabalha com arte nas ruas.

Sensacional!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *