Uma boa opção para quem duvida do Ibope

5 de outubro de 2010 0 Por Endrigo Annyston

Quem perdeu a entrevista do Roda Viva ontem ficou sem assistir a um bom debate com a diretora executiva do Ibope Marcia Cavallari.

Não, ela não foi discutir sobre a audiência das emissoras e a constante dúvida relacionada aos métodos de aferição do instituto.

O tema era relacionado as pesquisas realizadas para verificar junto aos eleitores em que candidatos eles iriam votar.

Tá, e qual o problema?

Muitos apontaram erros quando as pesquisas foram comparadas com o resultado oficial.

Em dados momentos a entrevista ficou “tensa”: o jornalista Augusto Nunes eslava decidido a encostar a diretora contra a parede. Enquanto ele questionava o Ibope ela questionava a atitude dos jornalistas, inclusive tirando onda em dados momentos.

Mas vamos combinar uma coisa?

Pesquisas são feitas para se ter uma ideia da opinião pública, não é e nem tem como ser um retrato fiel da realidade.

Como seria possível bater de porta em porta em todo o Brasil a cada nova pesquisa – dentre as tantas realizadas em período eleitoral – pra saber em quem o brasileiro iria votar? Impossível.

Agora, se alguém quer ter um resultado exato, então que faça isso ou simplesmente ignore os resultados do Ibope, Datafolha e demais institutos.

Aliás, Marcia disse que gostaria de ver uma eleição sem a divulgação de pesquisas para analisar se isso iria alterar o resultado da votação.

E eu acho que não mudaria muita coisa, maaaaaas…

… acredito que se as TV´s não tivessem a medição de audiência a programação televisiva seria muito melhor, e como!