Uma delícia de novela!!!

No ar há quase seis meses e caminhando pra sua reta final, Felicidade tem sido um achado nas tardes televisivas.

Leve, despretensiosa e cheia de atuações marcantes, o folhetim é um dos melhores momentos da carreira de Manoel Carlos.

Também um presente para Maitê Proença, Helena é um dos principais destaques de sua carreira. Ela se entregou de verdade. Pra mim, Maitê e Regina Duarte são as melhores Helenas do autor.

Marcou a estreia de Vivianne Pasmanter, do tipo “chegou, chegando”. A atriz, novinha ainda, conseguiu a densidade e loucura necessária para Débora.

Bem sabemos que quando se trata de Maneco um dos destaques é sua Helena e, o outro, a vilã. Pasmanter, não a toa, voltou a arrasar como vilã em Por Amor, como Laura.

Ah, claro, como falar de Felicidade sem mencionar aquelas duas delicinhas mirins? Bia (Tatyane Goulart) e Alvinho (Eduardo Caldas) foram um marco na minha infância, assim como na de muita gente. Adoráveis, talentosos, cativaram os telespectadores da faixa com a história dos irmãos que cresceram separados mas que o tempo fez questão de unir.

O elenco, bom, é estelar, um dos melhores da faixa das 18h na Globo. Tinha ainda o mestre Tony Ramos, Laura Cardoso, Othon Bastos, Esthér Góes, Umberto Magnani, Edney Giovenazzi, Milton Gonçalves… só pra início de conversa!!

Tem mais: essa reprise nos dá a oportunidade de matar saudades de incríveis atrizes que já nos deixaram, Yara Cortez, Regina Dourado e Ariclê Perez!!! Dona Ametista é outra personagem inesquecível da trama.

Com a Globo decepcionando no Vale a Pena Ver de Novo, Felicicade é a salvação dos fãs de dramaturgia na faixa horária!

Clique aqui e saiba um pouco mais sobre a telenovela!



1 comentário em “Uma delícia de novela!!!”

  1. Prof. Bruno Matos

    Essa novela já apresentava algumas características do autor: excesso de diálogos cuja função era apenas construir uma atmosfera de cotidiano dos personagens, sem nada acrescentar à história. É o estilo do autor, e isso deve ser respeitado. Porém, o que me chama a atenção em Felicidade é o desleixo em certos momentos da direção no que diz respeito à estética da filmagem. Planos desleixados e câmeras se posicionando de forma torta em relação aos atores são recorrentes em Felicidade. Ou será que até mesmo isso foi proposital a fim de conferir aquele efeito de como se uma câmera comum estivesse se posicionando dentro da casa dos personagens a captar o dia-a-dia de todos eles? Eis a questão. Mas é uma novela muito longe de ser ruim…Grandes autores deveriam voltar ao horário das 6.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *