Uma família muito unida

7 de fevereiro de 2012 0 Por Endrigo Annyston

O Edifício São Jorge, um verdadeiro “balança-mas-não-cai”, abriga diversas famílias. O prédio foi cedido gentilmente por Verbena (Ana Lúcia Torres) para os moradores, que não precisam pagar aluguel. Quem comanda o edifício é a síndica Deolinda (Nica Bomfim), que se divide entre os afazeres do cargo e o trabalho na casa de Melissa (Cassia Kis Magro). Para administrar os problemas, ela conta com a ajuda do porteiro faz-tudo Jair (Lincoln Tornado).

Ribamar (Nuno Leal Maia) vive reclamando do barulho que as crianças fazem, que não o deixa dormir e atrapalha sua rotina de padeiro. Dona Olga (Camila Amado) é uma hipocondríaca que sempre coloca no condomínio a culpa por suas doenças. Teresa (Rosi Campos) mora no ‘edifício São Jorge’ com a filha Marlene (Hermylla Guedes) e, juntas, lutam para que a neta Laís (Jéssika Alves) se dedique mais aos estudos, ao invés de passar o dia inteiro no computador. Gilda (Flávia Garrafa), Mauro (Gilberto Torres) e Julinho (Igor Cosso) também dividem a vida com os vizinhos.

Mas a relativa paz desses moradores está ameaçada. Como o edifício fica em uma região muito valorizada, Dimas (Luis Melo) e Fernando (Carmo Dalla Vecchia) não veem a hora de expulsar essa turma de lá para que possam lucrar com um novo empreendimento.

‘Amor Eterno Amor’ é uma novela de Elizabeth Jhin com direção de núcleo de Rogério Gomes. A próxima novela das seis tem estreia prevista para o mês de março.