Uma nova guerra às 19 horas estreia na TV brasileira

Não há nada mais na moda na televisão brasileira do que os remakes, ou seja, resgatar novelas, formatos de ou programas e reprisa-los ou adapta-los para atualidade.

No SBT, impera o comodismo de tirar do baú e colocar no ar, novelas cheirando a mofo, mas, que já provaram serem mais atraentes do que as atuais tramas do canal.

No lado televisivo mais criativo, Globo e Record apostam em novas versões de antigos sucesso e o melhor, com o mesmo destino: às 7 horas da noite.

A toda poderosa remodelou personagens e enredos de diversos folhetins de Cassiano Gabus Mendes e estreará “Ti Ti Ti” na próxima segunda-feira, dia 19 de julho. A novela tem todos os ingredientes típicos do horário e a expectativa global é de recuperar a audiência perdida pelo fiasco de “Tempos Modernos”.

Já Record acordou tarde para a brecha escancarada na programação da emissora da família Marinho e agora, corre contra o relógio para lançar em novembro o remake brasileiro do fenômeno, “Rebelde”. A adaptação nacional também é prevista para ser exibida às 19 horas e bater de frente com “Ti Ti Ti”, que já terá público formado. Contudo, a legião de fãs do “RBD” ainda é gigantesca e o objetivo do canal é prolongar o folhetim por até três temporadas.

Em suma, o que se pode esperar em breve é uma verdadeira batalha pela preferência do telespectador no que se refere ao horário das 7 horas da noite.  

* Cristina Possamai, estudante da 8ª fase de Jornalismo da Faculdade Satc, de Criciuma, SATC e estagiaria de uma revista. 



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *