Vida Alheia, Separação, Grande Família: crise de roteiros

A atual temporada de séries da Globo começou muito bem – tirando SOS Emergência e recentemente Na Forma da Lei, que são dispensáveis – mas não vai terminar no mesmo ritmo.

E, jogando com total sinceridade, nem A Grande Família está salvando. Tirando alguns episódios como o do filho gay, os demais giraram em torno de alguém dando em cima de Lineu na repartição, Lineu e Nenê querendo ser diferentes ou Lineu implicando com Agostinho, ou seja, mais do mesmo.

Separação e A Vida Alheia “encerraram temporada” antes do fim. As produções ganharam mais episódios e a sensação é a de que os roteiristas não estavam preparados para mais, era aquilo e ponto.

Vi a foto que Claudia Jimenez divulgou no Twitter e o meu sentimento foi o de … infelizmente não sentirei falta.

E vejam bem, nem a audiência é a mesma: a produção em seu início conquistava 20 pontos e hoje se contenta com 16.

Ontem, aliás, episódio focado em Paulinho Vilhena e ficou visível seu show de “desinterpretação”. E a filha da Gimenez na trama? Aff!



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *