Vida de Motoqueiro é tema do ‘Profissão Repórter’

O ‘Profissão Repórter’ da próxima terça-feira, dia 15, mostra o impacto do crescimento da frota de motos nas ruas do Brasil e a rotina de quem usa esse meio de transporte – que só em São Paulo tem quase um milhão de motoristas. De acordo com dados do Ministério da Saúde, dez mil brasileiros perderam a vida em acidentes de moto no ano passado. Ainda neste período, mais de sete mil motociclistas foram atendidos pelo Corpo de Bombeiros em acidentes de trânsito na capital paulista.

Caco Barcellos percorre as ruas de São Paulo de moto e acompanha os desafios de motoqueiros que enfrentam o trânsito pesado todos os dias. Em algumas ruas e horários da cidade há mais motos circulando do que carros. A reportagem conta ainda a rotina dos motoboys e das mulheres no trânsito.

O repórter Victor Ferreira rodou mil quilômetros entre os estados de Maranhão e Piauí, passando por sete cidades, onde registrou imprudência e desrespeito no trânsito. A reportagem constata também que a maior parte dos condutores de moto dos dois estados não tem habilitação. Em Santa Rita (MA), por exemplo, dos 2.500 condutores só 500 tem habilitação. E muitas famílias usam a moto como único meio de transporte e até o cachorro vai na garupa. Há ainda quem se arrisca com iniciativas criativas como a do homem que transformou a moto numa lanchonete chamada “Misto quente ao Vivo”.

Em Goiânia, as repórteres Valéria Almeida e Gabriela Lian acompanham o socorro aos motoqueiros acidentados. Encontraram situações dramáticas no Hospital de Urgências da cidade, no qual 70% dos pacientes são vítimas de acidentes de moto e na maioria dos casos são jovens.



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *