Xuxa comemora 25 anos de carreira na TV Globo

1 de julho de 2011 0 Por Endrigo Annyston
*Por Wander Veroni 
Mesmo que você não goste, ela faz parte da história da TV brasileira. A gente já brincou, dançou e muitos baixinhos passaram a infância assistindo ela na televisão. Mas, de alguns anos para cá, apesar dela ainda ter forte apelo comercial, já em audiência, a bola dela não está tão cheia como antigamente. Neste sábado (02/06), a “Rainha dos Baixinhos” completa 25 anos na TV Globo com um programa especial cheio de convidados, entre apresentadores, artistas e músicos que, de alguma forma, marcaram a carreira de Maria das Graças Meneguel, mais conhecida como Xuxa.
A apresentadora que coleciona recordes de vendas de discos e DVDs infantis no país, estreou na TV em 1983, na TV Manchete, com o “Clube da Criança”, e foi para a Globo em 1986, apresentando o “Xou da Xuxa”. Confesso que assim como milhares de pessoas, também assisti a Xuxa quando era criança. Era babá eletrônica da época. Provavelmente, quem é da geração do início dos 1990, acompanhou o auge da carreira da Xuxa nas manhãs da TV.
Hoje, não assisto mais. Não porque o programa atual dela seja ruim, mas porque não me interessa. Entre as pessoas que a acompanha, há um consenso de que o programa é bem produzido. Nunca vi o TV Xuxa atual, por isso não posso opinar de uma forma mais profunda. No entanto, diante das porcarias que temos hoje na TV, pode ser uma boa opção, quem sabe. Vai apostar?
Entretanto, ao olhar esses 25 anos dela na Globo, comecei a me perguntar qual é a lembrança que tenho de Xuxa? Se não me engano, lembro dela no “Planeta Xuxa”, quando passava no domingo, antes do Faustão. Também lembro pouca coisa, do início da década de 1990: minhas memórias são dela saindo da nave de manhã, cantando com as paquitas e brincando no palco com a criançada. Não lembro mais que isso….uma pena! Não sou da época do “senta lá, Claudia!”, mas posso dizer que fui telespectador dela, como a maioria das crianças da minha geração.
Após a separação (profissional?) de anos com a diretora Marlene Matos – e o fim do Planeta, que foi um marco na carreira dela, Xuxa resolveu voltar a investir no público infantil e se perdeu entre alguns formatos que não deram a mesma audiência que os tempos áureos. Também sofreu no sábado de manhã, brigando diretamente com a pequena Maísa, do SBT, ou sendo deixada de lado por conta das transmissões esportivas. Após muita luta, conquistou novamente o sábado à tarde e sonha com a transferência para o domingo. Quem sabe os Deuses da Vênus Platinada não ouvem a prece dela neste aniversário?
Xuxa teve altos e baixos, mas continua na TV linda, loira e fazendo aquilo gosta. Respeito isso. Entre muitas declarações dela ao longo da carreira, achei uma ótima, no site da apresentadora, que define bem a relação dela com os fãs nesses 25 anos. “No Xou da Xuxa tudo foi um grande aprendizado. Foi tudo muito rápido. (…) Quando eu via alguém chorando ao me ver, eu ficava um pouco assustada, não acreditava. Como uma pessoa pode me amar sem me conhecer? Anos mais tarde eu conheci o meu ídolo, Michael Jackson,  e fiquei toda boba. Eu disse pra ele que o amava. Aí, eu comecei a entender o sentimento do fã. Ele gosta de você de longe, te admira de longe. Temos que respeitar esse carinho porque é verdadeiro!”. E com o carinho de um ex-baixinho, digo com todas as letras: Parabéns, Xuxa!
________________________________________

*Autor: Wander Veroni, 26 anos, é jornalista pós-graduado em Rádio e TV, ambas formações pelo Uni-BH. É autor do blog Café com Notícias (http://cafecomnoticias.blogspot.com). Twitter: @wanderveroni / @cafecnoticias.