Zorra Total comemora 600 edições contando apenas com duas estrelas

Lamentável, acho que essa é a palavra que resume o especial das 600 edições do Zorra Total no último sábado, um programa que hoje se sustenta apenas de duas grandes figuras que viraram sensação: Rodrigo Sant´Anna e Thalita Carauta.

Repare: as aparições de Janete e Valéria são cada vez mais frequentes. No especial apareceram diversas vezes e em todas elas, mesmo quando interagiam com outros batidos personagens, só dava os dois.

Não dividiam o brilho porque a graça dos demais se esgotou. Exemplo: Lady Kate, quadro que continua no ar também por conta de Rodrigo e Thalita.

A lógica, eu diria, seria a dupla deixar esse programa mofado e conquistar uma atração solo. Estão sobrando.

Eu até já estava achando que Valéria e Janete estavam começando a perder a graça, mas rolei de rir com a gargalhada da babuína e com Janete se dizendo bandida pela primeira vez, toda assanhada pra se encontrar com o Adimilson.

Em resumo, o programa de número 600 serve como alerta: o Zorra Total precisa se reciclar urgentemente.

Tem excelentes atores ali no elenco mas o roteiro é triste e os musicais são bizarros.

O clipe relembrando alguns bons momentos do programa revelam o óbvio: o Zorra já teve grandes quadros mas parou no tempo.
A solução é apostar em novos talentos, como Thalita e Rodrigo, ou bolar novidades para o elenco atual.
Urgentemente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *