Saiba o que acontece no resumo de Coração Indomável de 16 a 20 de julho nos capítulos 131 ao 135

Coração Indomável
Coração Indomável

Coração Indomável – Capítulo 131, segunda-feira, 16 de julho

Por telefone, Afonso diz à Elsa que o caso deles não pode ser levado adiante, pelo fato dela ser uma menina. Celia, Clementina e Francisco observam o quadro “ A Dama”. Dóris critica o quadro de Maricruz e Otávio a repreende, dizendo que ela deve reconhecer a beleza da rival. Aníbal escuta envaidecido as críticas positivas de sua pintura, “A Liberação”. Otávio presencia a conversa de dois homens falando mal do quadro de Maricruz e acusam-na de ser amante do pintor. Otávio exige que Afonso retire o quadro da exposição, mas ele nega. Furioso, Otávio deixa o local. Maricruz diz à Joaninha que os melhores quadros e donos das melhores críticas foram os de Afonso, principalmente “A Dama”. Em seu estúdio, Afonso oferece dinheiro pelo “A Liberação”, mas Aníbal se nega a vendê-lo, dizendo que inscreverá a obra numa grande exposição, podendo ganhar muito dinheiro. Afonso se despede de Aníbal e pensa em não devolver a ele seu quadro. Um alemão, apreciador de obras de arte oferece uma grande quantia a Afonso pelo “A Liberação”. Afonso nega a venda e o interessado aumenta a oferta, dizendo que o quadro é genial. Clementina e Maricruz ficam sabendo que “A Dama” foi roubado. No hotel, Otávio destrói o quadro. Afonso revela à Maricruz que ofereceu dinheiro a Aníbal, por ele já ter vendido muito e é chamado de ladrão. Afonso a chantageia e diz que caso ela não se alie a ele, processará Otávio pelo roubo de seu retrato.

Capítulo 132, terça-feira, 17 de julho

Maricruz e Afonso chegam a um acordo: Nenhum dos dois dirá quem roubou o quadro ou o seu autor. Dóris sugere que Otávio envie os restos do quadro para Afonso. O agente Giménez questiona Maricruz sobre o roubo e ela nega saber qualquer informação. Afonso revela para Clementina que o ex-marido de Maricruz é o ladrão. Afonso recebe o quadro de Maricruz em pedaços e, diz para Natasha que, no lugar de “A Dama”, exibirá uma nova obra intitulada “A Dama Nua”. Maricruz pressente que Afonso se vingará. Otávio é interrogado e confessa ser o autor do roubo. Na galeria, Aníbal vê a obra “A Dama Nua” e a reconhece como a melhor pintura já feita por Afonso. Clementina lê em um jornal sobre o novo quadro de Afonso.

Capítulo 133, quarta-feira, 18 de julho

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*