Autor cumpre o que promete e faz novela repleta de viradas

Antes da estreia, Rui Vilhena prometeu uma novela cheia de reviravoltas. Disse mais: que atualmente as tramas precisam ter mais agilidade e, portanto, promoveria viradas a cada 50 capítulos em seu primeiro trabalho como titular na Globo.

Mas, em se tratando de “Boogie Oogie”, Vilhena faz uso de diversos ganchos a cada nova exibição, e não somente na cena final, o que é habitual – os escritores são cobrados quando deixam de lado o recurso, caso de Manoel Carlos com “Em Família”.

Da estreia de “Boogie Oogie” até aqui, e se passaram apenas dois meses, muita coisa aconteceu. Sandra (Isis Valverde) e Vitória (Bianca Bin), por exemplo, já sabem que foram trocadas na maternidade. Em outras tramas, uma revelação assim seria feita apenas com a proximidade do desfecho da história.

Adiantado, o autor, atualmente focado nos embates que a troca rendeu, ainda esconde um mistério que tem tirado o sono de Vitória e causado expectativa nas redes sociais: o que Carlota (Giulia Gam) esconde de sua família? Qual o mistério de uma das vilãs da telenovela? Fora isso, a megera desconhece o caso de Fernando (Marco Ricca) e Susana (Alessandra Negrini), o que deve gerar novos barracos e até culminar na prisão da inconformada e tresloucada Susana.

O folhetim é tao bom, que não apenas os personagens principais têm destaque. A Sebastiana de Zezé Motta, mesmo sendo empregada doméstica, tem se destacado ao bater de frente com Carlota. O mesmo vale para os empregados da casa da vilã, especialmente Ivete (Aline Xavier), que sempre dá um jeito de se envolver nos bafafás da mansão.



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *