Autor cumpre o que promete e faz novela repleta de viradas

Antes da estreia, Rui Vilhena prometeu uma novela cheia de reviravoltas. Disse mais: que atualmente as tramas precisam ter mais agilidade e, portanto, promoveria viradas a cada 50 capítulos em seu primeiro trabalho como titular na Globo. Mas, em se tratando de “Boogie Oogie”, Vilhena faz uso de diversos ganchos Continue lendo

Autor cumpre o que promete e faz novela repleta de viradas

Antes da estreia, Rui Vilhena prometeu uma novela cheia de reviravoltas. Disse mais: que atualmente as tramas precisam ter mais agilidade e, portanto, promoveria viradas a cada 50 capítulos em seu primeiro trabalho como titular na Globo. Mas, em se tratando de “Boogie Oogie”, Vilhena faz uso de diversos ganchos Continue lendo

Mel Maia: Uma verdadeira #JoiaRara

Em 2012, a curta participação de Mel Maia em “Avenida Brasil” foi motivo de reclamação nas redes sociais. A pequena, que integrou a primeira fase da história, e era maltratada por Carminha (Adriana Esteves), conquistou os telespectadores por ser graciosa e, especialmente, talentosa. Não à toa, Mel rapidamente foi escalada Continue lendo

“Guerra dos Sexos”: Incompreendida, porém na medida certa para divertir

Nós estamos habituados a assistir produções de fácil entendimento, especialmente quando se trata de novelas. Nos sentamos em frente ao televisor e apenas nos deixamos levar pela “fábrica de sonhos”. No entanto, em algumas ocasiões, um exercício se faz necessário: é preciso compreender o proposto. Produções como “O Astro” e Continue lendo

Sangue Bom, Anões, Guerra dos Sexos e afins…

Pelas chamadas, conseguimos perceber que vêm uma produção jovial e numa pegada leve, características que costumam ser de produções do horário. Só uma coisa me preocupa: não vi nas chamadas nenhum vilão identificado. Talvez isso será mostrado e identificado, mas espero que seja além do personagem de Humberto Carrão o Continue lendo

Guerra dos Sexos: Silvio de Abreu arrasa em homenagem a Vale Tudo!

Foi ao ar na noite desta segunda o início da cena em que Nieta banca Raquel Acioly, de Vale Tudo. Sucesso da década de 80 e na reprise pelo canal Viva, a cena foi refeita em homenagem a um dos grandes momentos da teledramaturgia nacional: “Esta cena é uma grata Continue lendo

Talento: você pode nascer com ele ou… se empenhar!

São diversos os exemplos de atores que em início de carreira pareciam “portas” e hoje em dia se destacam em produções dramatúrgicas. Flavia Alessandra, por exemplo, sempre foi tida como a “mulher do diretor”, no entanto, com a vilã Cristina, de Alma Gêmea, fez a lição de casa e, de Continue lendo

Guerra dos Sexos, definitivamente, encontrou seu lugar

As últimas semanas de Guerra dos Sexos tem sido imperdíveis. Silvio de Abreu realmente se acertou. Ele cria situações que duram alguns capítulos. O desfecho é exibido e tem início outra muvuca. Foi assim com a tropa de choque tentando salvar Roberta Leone de entrar numa fria, o pessoal tentando Continue lendo

De rejeitada a melhor novela inédita em exibição

Após a estreia de Guerra dos Sexos disse que apostava minhas fichas nessa produção. Não, não é um sucesso, errei nesse sentido, mas acertei ao acreditar que a história seria boa. Tá, é um remake, mas nem todo remake é bom. E Silvio de Abreu está conseguindo recuperar a imagem Continue lendo

Cordel Encantado tem a melhor estreia desde que me conheço por gente

De início decidi que não iria assistir Cordel Encantado. Tinha dois motivos: 1- Adorei o início de Cama de Gato e detestei a sequência, as autoras se perderam; 2- Bianca Bin e Cauã de protagonistas? Aff Só que comecei a assistir as chamadas e fui me envolvendo pela beleza das Continue lendo