Enfim, tchau “Parenthood”!

Em situações assim, fico extremamente feliz quando penso que Friends, Brothers & Sisters, Will & Grace e algumas outras poucas séries terminaram ainda no auge. E deixando a sensação de que poderiam render mais. É triste quando acontece o cancelamento, porém, é pior conferir uma produção que você curte perder Continue lendo

Enfim, tchau “Parenthood”!

Em situações assim, fico extremamente feliz quando penso que Friends, Brothers & Sisters, Will & Grace e algumas outras poucas séries terminaram ainda no auge. E deixando a sensação de que poderiam render mais. É triste quando acontece o cancelamento, porém, é pior conferir uma produção que você curte perder Continue lendo

Com Xana, “Império” reabre uma discussão importante

Eu sempre cruzo com uma imagem no face e agora não me lembro ao certo os dizeres dela. Tem dois personagens de Brothers & Sisters (<3), um casal homossexual, e diz mais ou menos isso: eles estão cuidando da criança que heterossexuais não quiseram. E Xana, em Império, está tentando Continue lendo

Com Xana, “Império” reabre uma discussão importante

Eu sempre cruzo com uma imagem no face e agora não me lembro ao certo os dizeres dela. Tem dois personagens de Brothers & Sisters (<3), um casal homossexual, e diz mais ou menos isso: eles estão cuidando da criança que heterossexuais não quiseram. E Xana, em Império, está tentando Continue lendo

Quando uma série se mostra incrível já no primeiro episódio

Estava analisando a quantidade de episódios de “A Sete Palmos” e acabei concluindo que, daqui até fevereiro, quando estreia “Em Família”, tenho tempo suficiente para assistir a série, caso assista ao menos um episódio por dia. Pensando nisso, baixei o piloto e o segundo episódio. Gostei tanto, que fiquei aliviado Continue lendo

A melhor produção da história da TV mundial

Pode ler sem medo, não farei spoiler. Trata-se de um convite, irrecusável. A menos que você não seja do tipo que aprecie uma grande produção televisiva. Acredito que não seja o caso, pois, se você chegou até aqui, é porque gosta do veículo. Vejo televisão desde que nasci, escrevo sobre Continue lendo

Parenthood: Acho esse tipo de coisa fascinante (4X05)

Há um tempo atrás eu afirmei que Parenthood era minha nova Brothers & Sisters. Minha série querida se foi, mas deixou uma com potencial a altura. O lance de drama familiar é conseguirem que você se sinta parte, integre o grupo. Quem assistia B&S se via como um Walker e, Continue lendo

Weeds: Termina sem dignidade, mas final emociona (series finale)

Ontem vocês leram o texto de Peter Guimarães sobre o series finale de Weeds, agora é a vez do meu pitaco. Conheci tardiamente a série de Nancy. Tem o que, um ano? Depois de tanto assistir as chamadas no GNT, resolvi conferir qual era a dessa produção. E viciei, tal Continue lendo

Dallas 2012: Série bafônica, do jeito que eu gosto

Nunca vi a primeira versão de Dallas, nem sei do que se trata. O Viva reexibiu, mas, sinceramente, nunca passei perto. Assisti ao piloto do “remake” pelo barulho que a produção estava fazendo. E me surpreendi positivamente. Disputa entre família. Tem coisa melhor? Ora, quem lê o Cena sabe o Continue lendo

DH e um dos melhores finais da história. Emocionante!!

Eu seria injusto se dissesse que o series finale de DH é o melhor da história, não poderia fazer isso com Friends e Brothers & Sisters, que também tiveram desfechos redondos e deixaram fãs órfãos, porém satisfeitos. Vivi um misto de emoções na noite de ontem, assistindo ao ponto final Continue lendo