Arquivo da tag: daniel boaventura

Guerra dos Sexos: Cometi uma injustiça

Ontem estava assistindo Guerra dos Sexos quando me atentei para um detalhe: eu nunca destaquei a atuação de Daniel Boaventura e Mayana Moura.

O primeiro dispensa comentários, sempre manda muito bem seja atuando ou cantando. Mas devo especialmente no caso de Mayana.

A moça teve um início interessante, um tanto quanto irregular em Passione. Era uma incógnita.

Mas vejo, no entanto, o quanto ela cresceu como Veruska. É uma personagem chave da novela, entrou em cena um tanto quanto séria e, a partir do momento em que se viu obrigada a fazer parceria com Nenê, acabou entrando na vibe bem humorada do folhetim.

.Nenê e “Veruskete” formam uma dupla de vilões trapalhados que somam aos outros já citados com demasiada frequência no Cena Aberta, como Otávio e Kiko.

Sem compromisso com a realidade, basicamente um desenho animado, Guerra dos Sexos tem essa vantagem. Diverte mesmo quando os personagens estão aprontando.

E a dupla merecia esse reconhecimento, mesmo que tardio! Especialmente pelas sequências dos dois escondidos e descobertos na casa de Nando e Juliana. Hilário!

Daniel Boaventura participa do ‘Vai ter que Rebolar’

Nesta quinta-feira, dia 08, no programa ‘Amor & Sexo’, Fernanda Lima convida Daniel Boaventura para participar do quadro ‘Vai ter que rebolar’. Na atração, o ator e cantor deve girar uma roleta que determina os temas das perguntas feitas pela apresentadora. Mas, para ter êxito no game, ele precisa não só propor soluções para as situações descritas por Fernanda, como ainda ter as respostas aprovadas por uma bancada de jurados.

‘Amor & Sexo’ tem direção de núcleo e direção geral de Ricardo Waddington e roteiro de Rafael Dragaud. A atração vai ao ar nesta quinta-feira após ‘Força-Tarefa’.

#Hebe volta fazendo um #Esquenta para a elite

Hebe sempre foi uma apresentadora popular, mas um popular sem ser povão. Sempre classuda e produzida com seus vestidos caríssimos e jóias de vários tamanhos e tipos.
Ontem ela começou uma nova fase de sua vida na Rede TV!.

Logo de início, o susto: a apresentadora mais louca da TV brasileira pediu um beijo técnico ao Daniel Boaventura.

E ELE DEU!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Foi uma das coisas mais inacreditáveis que vi na TV rs

Depois ela foi do oito ao oitenta com convidados dos mais variados públicos. Acho que só ficou faltando o Restart e o Tiririca pra completar, por isso chamei de uma coisa meio Esquenta esse seu retorno ao ar. Teve de um tudo.

Acho que o programa de estreia teve mais convidados no palco que um mês da loira no SBT. Tá, exagero, mas a verdade é que a produção foi bem mais movimentada.

A entrevista com Dilma Roussef fez total diferença e assim como quando falou com Ana Maria Braga Dilma foi extremamente simpática e receptiva. Gostei, a presidente até ameaçou cantar!

Teve coisas bizarras, tipo Luan Santana e aquela dancinha estranha ou Daniela Albuquerque. Essa consegue ser estranha até calada, reparem!

E o momento magia: Daniel Boaventura cantando e Hebe está ao lado de Paula Fernandes, conversanto.

Um corte e… lá está ela, em pé, ouvindo-o cantar.

Tipo… oi?

No mais, Hebe foi Hebe e não tinha como ser diferente. Fez o que sabe fazer com a vantagem de ter mais tempo para tal.
Só acho que deveriam apostar no ao vivo, seria uma outra vantagem da troca de emissora.
Sucesso para a loira, ela merece!

#Passione só valeu a pena no final

Passione….Ah, Passione, essa novela que quando falo mal, me xingam, dizem que estou doido e que sou puxa-saco da Record (aí, já é demais); Passione para mim só prestou um pouco essa reta final em que Tony Ramos, Mariana Ximenes, Reynaldo  Gianecchini (taí uma coisa que nunca achei que diria, mas ele mandou bem sim!) Fernanda Montenegro (ela é ela,né ? ) e Daniel Boaventura colocaram pra ferrar, quando entravam em cena, você nem pisca de tão excitante….

O Núcleo Cômico deu um show a parte; Irene Ravache talvez em seu melhor papel depois de Éramos Seis; Francisco Cuoco fazia o povo rir toda vez que pronunciava a palavra “pichuquinha”; Gabriela Duarte fazendo uma coisa totalmente nova (e muito bem) como Jéssica; e Bruno Gagliasso mostrando que é cada dia mais um ator completo…..

Mas Passione teve umas merdas que por favor né, Silvio de Abreu. O Núcleo dos Rostos Bonitos era uma coisa que dava náuseas; Maitê Proença deve ganhar o troféu impressa de lagrima mais forçada, Kayke Brito melhor nem comentar, Tammy di Calafiori só fazia meu primo pensar besteiras com ela, por que como atriz e Bianca Bin atuando como ela mesma? ; Cauã Reymond até fez algumas boas cenas, mas ainda tem que evoluir; o Werner Schu (não vou falar o resto por que é um trava língua!) na mesma laia de atuação do Kayke; o único que salvava um pouquinho era o Arthurzinho, coitado!

E o Segredo do Gerson ???? Ver sacanagem com o povo sujo! É serio, se ver putaria é problema. Alô, me internem, por que eu vejo todo dia (e não estou brincando!); eu juro que nessa hora só não quebrei a TV por quê meu primo me segurou, por quê senão…..

Sobre os últimos capítulos… o que foi aquela cena do Tótó dizendo que está vivo ? sem dúvida uma das melhores cenas da TV brasileira na década!;  Leitores do Cena Aberta, me desculpem, mas me recuso a falar sobre o Gerson, peguei um ódio desse personagem….aff! Dayse Lúcidi arrasando como a “Velha Porca” e metendo um medo desgraçado em todo mundo!
Resumindo, Passione só valeu a pena no final, quando até o Reynaldo Gianecchini brilhou; tem coisa para rolar nos próximos dias ? tem, mas espero que (diferente de mim) vocês não mudem para o Ratinho ou para Damages (fiz isso inúmeras vezes) e assistam até o final, por que agora, vale a pena!
Meu palpite para o “Quem Matou?” : Fred e Clara (quer coisa mais óbvia ?)



* do internauta Gabriel Siqueira