“Pé na Cova”: mais que um “A Sete Palmos” tupiniquim

Ao criar A Vida Alheia, série exibida em 2010, Miguel Falabella apresentou ao espectador da Globo uma das mais bem-sucedidas experiências em teledramaturgia seriada já vista na televisão brasileira. O autor soube criar um universo rico em possibilidades e acertou ao tecer uma narrativa ágil e bastante próxima da produção Continue lendo