Com Elvira, Ingrid Guimarães mostra que pode mais que fazer rir

Nesta semana, Ingrid Guimarães se “despediu” de Novo Mundo com a “morte” de Elvira Matamouros, atriz portuguesa de renome, como ela tanto diz. Diferente do previsto inicialmente pelos autores, a personagem ganhou sobrevida devido ao sucesso, e o mérito – além do ótimo texto de Thereza Falcão e Alessandro Marson Continue lendo

Luiz Fernando Guimarães interpreta sempre o mesmo “personagem”

Terminou ontem mais uma coisa horrorosa produzida pela TV Brasileira. Acredita na Peruca, sitcom do Multishow. Com cenário que parece reciclado do Trair e Coçar é só Começar, a produção reúne um elenco relativamente bom e interessante, mas é fraca demais. Ficava surpreso quando as câmeras flagravam a plateia rindo. Continue lendo

Tatá Werneck precisa ser menos Tatá e mais atriz

Fico surpreso com as críticas que tenho lido a respeito de Tatá Werneck. E tenho esse sentimento justamente porque vêm de pessoas que certamente não sabem o mínimo do mínimo de Tatá. Ora, isso de falar embolado e rapidinho é uma das formas da humorista divertir since 1500. Ela faz Continue lendo

Tatá Werneck precisa ser menos Tatá e mais atriz

Fico surpreso com as críticas que tenho lido a respeito de Tatá Werneck. E tenho esse sentimento justamente porque vêm de pessoas que certamente não sabem o mínimo do mínimo de Tatá. Ora, isso de falar embolado e rapidinho é uma das formas da humorista divertir since 1500. Ela faz Continue lendo

Quem aprovou algo tão ruim como “Chapa Quente”?

Com Ingrid Guimarães fazendo Ingrid Guimarães e Leandro Hassum fazendo Leandro Hassum, a Globo estreou Chapa Quente. É difícil acreditar que após tantos anos ensaiando uma forma de substituir A Grande Família a única opção era alto tão sofrível. Sem graça, sem sal. Sem uma história realmente boa e atrativa. Continue lendo

Quem aprovou algo tão ruim como “Chapa Quente”?

Com Ingrid Guimarães fazendo Ingrid Guimarães e Leandro Hassum fazendo Leandro Hassum, a Globo estreou Chapa Quente. É difícil acreditar que após tantos anos ensaiando uma forma de substituir A Grande Família a única opção era alto tão sofrível. Sem graça, sem sal. Sem uma história realmente boa e atrativa. Continue lendo

“Loucas pra Casar” é divertido, imperdível e o final surpreende

Pra quem gosta de comédias, não dá pra perder Loucas pra Casar. Só reuniram num mesmo filme Ingrid Guimarães, Tatá Werneck e Fabiana Karla, que “pouco” divertem. No Mais Você, a Ingrid havia comemorado o fato de quem assistiu não entregou uma das viradas do longa. E ela realmente existe. Continue lendo

“Loucas pra Casar” é divertido, imperdível e o final surpreende

Pra quem gosta de comédias, não dá pra perder Loucas pra Casar. Só reuniram num mesmo filme Ingrid Guimarães, Tatá Werneck e Fabiana Karla, que “pouco” divertem. No Mais Você, a Ingrid havia comemorado o fato de quem assistiu não entregou uma das viradas do longa. E ela realmente existe. Continue lendo

“Sangue Bom” divertiu ao inspirar-se na própria TV

Sangue Bom teve apenas 2 pontos a mais que Guerra dos Sexos O texto esperto e lotado de referências de Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari já havia sido o grande trunfo do remake de Ti Ti Ti, de 2010. Em Sangue Bom, cujo último capítulo foi ao ar na Continue lendo

SANGUE BOM: Tina é a personagem dos sonhos de qualquer fã de TV

Desconheço o sentimento da atriz Ingrid Guimarães com relação à TV, se é fã do veículo ou apenas atriz, mas, qualquer apaixonado por TV, especialmente novelas, que tivesse um papel como o de Tina nas mãos, teria orgasmos múltiplos. Foi isso que visualizei sexta, quando Tina imaginou estar vivendo a Continue lendo