Editorial: O fim da Ponto de Vista e a chegada de um filho da coluna

Pois é, comentei em outras ocasiões que a terceira temporada da Ponto de Vista era uma incógnita. Agora chego com a confirmação: não terá continuidade. Mas a coluna, que é um produto de sucesso e somou cerca de 90 textos de cada um dos membros, está gerando um filho. Explico: Continue lendo

2011: o ano da virada, de reencontros e do tiro no pé

Fim de ano… época de retrospectiva, não é mesmo? Basta chegar o mês de dezembro para que o espírito de reflexão comece a tomar conta de todos, e claro, se todos tem o seu momento para relembrar, esta coluna não será uma exceção. E olha que 2011 foi um ano Continue lendo

2011: O ano em que Globo e SBT se reencontraram com seu público

2011 vai ser marcado como o ano em que a Record deu um tiro no próprio pé e, por não procurar um médico, segue agonizando. Mas não é o momento de falar do que não vale a pena, essa já é carta fora do baralho. Esse foi um período em Continue lendo

O que de mais marcante aconteceu na TV em 2011

*Por Wander Veroni Para o nosso último Ponto de Vista do ano, o tema não poderia ser diferente. Tentar enumerar o que de mais marcante aconteceu na TV em 2011. Tentar porque muitas das coisas que pretendemos falar são acontecimentos que nos marcaram não só como jornalistas, mas também como Continue lendo

Record: quando a busca por resultado rápido implica em erros bobos.

Se há uma lição que muitas emissoras devem ter aprendido nessa luta pela audiência, é que a inconstância das grades de programação é um dos maiores pecados que se pode cometer. Aliás, não é pra menos: ela vai contra qualquer espécie de bom senso. Basta um pouco de raciocínio para Continue lendo

Globo e Record, nada a ver! Tãnãnã nããã

Lembram daquela vinhetinha da Globo que dizia “Globo e você, tudo a ver”? Pois é, nos últimos anos a Record tentou xerocar a poderosa contratando estrelas – juntamente com o pessoal dos bastidores -, adotando estilos parecidos em telejornais e demais produções. Queriam vencer, mas “de igual pra igual”, segundo sonhavam. Nesse Continue lendo

Instabilidade na grade da Record afasta telespectador

*Por Wander Veroni  Se fizermos uma avaliação geral, 2011 foi um dos piores anos da Record, tanto de repercussão, quanto em audiência nacional dos seus programas. Grande parte das estreias ou lançamentos da emissora da Barra Funda foi um verdadeiro fracasso, fora as constantes mudanças de horários que deixa o Continue lendo

Jornalismo televisivo está uma vergonha, haja estômago pra tanta barrigada

Há alguns meses a maior jornalista do portal R7 – estou de deboche e prefiro não ficar citando o nome da sujeita por n motivos – entrou ao vivo no Hoje em Dia confirmando a morte de Amin Khader. Na sequência os apresentadores fizeram cara de velório, tinha gente até Continue lendo

Quando o jornalismo é usado de modo irresponsável

*Por Wander Veroni  Esta semana não se falou em outra coisa: a célebre saída de Fátima Bernardes do Jornal Nacional (JN) e a entrada de Patrícia Poeta. Todo mundo comentou. E grande parte dos críticos e jornalistas que cobrem os bastidores da TV também não fugiram da pauta. Alguns, com Continue lendo

Fátima Bernardes ousa e a dança das cadeiras finalmente chega ao ápice.

Para quem reclamava de falta de ousadia na televisão, sobretudo da emissora líder, a semana talvez reservasse a maior das surpresas dos últimos anos. Afinal, de que outra forma definir a saída de Fátima Bernardes do posto de apresentadora do Jornal Nacional. Sua saída, ao que parece pouco teve a Continue lendo